M1TO exalta espírito de luta da equipe

Dedicação foi elogiada pelo capitão da equipe em jogo amarrado

Logo após a saída dos jogadores do gramado, visivelmente com o semblante de alívio por conseguir uma vitória tão importante contra o San Lorenzo-ARG, o goleiro e ídolo Rogério Ceni fez questão de frisar como o time se dedicou em campo até conseguir alcançar seu objetivo:

“O mais importante foi que saímos com a vitória e o espírito de luta foi demonstrado durante todo o jogo. Se faltam algumas coisas pra gente, e eu acho que faltam realmente, não é espírito de luta. Acho que o gol saiu aos 43, 44 minutos e o importante é que nós saímos vitoriosos hoje. Se nós não saíssemos vitoriosos hoje ficaria muito difícil para a gente obter a classificação.”

+ NOSTALGIA TRICOLOR: Final do Paulistão de 2000

Mesmo elogiando a demonstração de raça de seus companheiros, o M1TO não deixou de falar sobre os erros táticos que a equipe cometeu em determinados momentos do jogo:

“Prefiro exaltar a dedicação de todos, todo mundo correndo, lutando até o final. Talvez não da maneira correta, às vezes meio desesperada, Ganso atuando quase como um volante, arriscando um pouco mais com o Kardec, mas todo mundo correndo e isso já é uma grande coisa, foi o que eu falei antes do jogo. Não que falte isso mas que a gente tinha que ter respeito pelas pessoas que vieram e a dedicação foi para todos os torcedores que estiveram aqui.”

Sobre as vaias que o meia Ganso recebeu ao ser substituido por Boschilia momentos antes do gol tricolor, Rogério vê com naturalidade a reação da torcida:

“Isso aconteceu porque estava 0 a 0, se estivesse 1 a 0 isso não aconteceria. O torcedor é emotivo, é impulsivo, quer sempre ver o time dele ganhar. Temos mais é que agradecer essas 28, 30 mil pessoas que estiveram aqui às 10h da noite pra nos apoiar.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *