São Paulo vence mais uma no NBB

Tricolor domina praticamente todo o jogo, chega abrir 15 no último quarto e vence a quarta partida fora de asa, onde está 100%

Em mais uma ótima partida coletiva do São Paulo, o time de Cláudio Mortari visitou o bom time do Pinheiros e saiu com a vitória. 88 a 78 para o Tricolor, que segue firme e forte por uma vaga direta aos playoffs, na Copa Supor Oito e também no Interligas.

Invicto fora de casa e com uma boa campanha em sua primeira participação no NBB (6 vitórias e apenas 2 derrotas), o Tricolor começou a partida indo pra cima do adversário e com forte marcação, e logo dominou o Pinheiros.

No primeiro quarto, o São Paulo abriu 7 pontos e fechou com 15×22, mas viu os donos da casa reagirem. No segundo quarto, o Pinheiros fez 18×13 e os times foram para o intervalo com o placar muito acirrado, apenas dois pontos de vantagem para o Tricolor: 32×35.

Na volta do terceiro quarto, o Pinheiros acertou 9 de 14 arremessos e se manteve perto do placar, mesmo que o São Paulo tenha aberto ainda mais um pouco sua ligeira vantagem. O Tricolor fechou o quarto em 20×24 e o placar ficou 53×59.

x Para o último e derradeiro quarto, o Pinheiros fez sua melhor pontuação na partida (25), mas viu o Tricolor também se sobressair (29) e ficar com a vitória. 78×88 para o Mais Querido.

A vitória são-paulina manteve a invencibilidade do time do Morumbi atuando como visitante (quatro vitórias em quatro jogos) e contou com uma presença especial: Aleksandar Petrovic, técnico da Seleção Brasileira, compareceu ao Ginásio Henrique Villaboim para acompanhar alguns atletas in loco visando futuras convocações.

O São Paulo volta à quadra no próximo dia 29 para enfrentar o Basquete Cearense. A partida acontece no Ginásio Antonio Leme Nunes Galvão, no Morumbi, às 21h10. A entrada para o jogo é gratuita.

Destaques

A parte negativa do confronto ficou pela presença do PIOR PRESIDENTE QUE O SÃO PAULO TEVE.

Leco (sócio do Pinheiros) acompanhou a partida e vibrou com a vitória são-paulina. Cara de pau é pouco para este senhor, que NUNCA vai ao Morumbi ver os jogos do time de basquete.

FOTO: Divulgação