in ,

Globo não quer que formato do Brasileirão seja de mata-mata

SÃO PAULO, SP, 03.08.2017: SÃO PAULO-CORITIBA - O volante Hernanes em lance da partida entre São Paulo X Coritiba, no estádio do Morumbi na zona oeste de São Paulo, válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017. (Foto: Miguel Schincariol/Folhapress)

Emissora foi consultada por clubes para discutir futuro do Campeonato Brasileiro em meia a pandemia do coronavírus

Consultada por pelo menos quatro clubes que estão discutindo como fica o Brasileirão na paralisação do futebol por causa da pandemia do Coronavírus, a Globo deixou claro que não vê como positiva um possível retorno do mata-mata no Campeonato Brasileiro. A questão financeira é o principal ponto apontado pela emissora. 

Segundo apurou a De Primeira, do UOL Esporte, a Globo acredita que o mata-mata resulte na queda de arrecadação de pay-per-view e faturamento para os clubes em todos os sentidos, já que o retorno desse formato diminuiria o número de jogos para a grande maioria dos times.

Se o formato de 2002 retornasse, por exemplo, com um turno e três mata-matas, seriam 24 datas contra 38 —uma redução de 176 partidas. Para a Globo, também seria ruim, já que o pacote publicitário do futebol para este ano já previa um campeonato de 38 rodadas. 

No entanto, a Globo não tem o assunto como prioridade ainda, até pela questão da covid-19. A emissora tem sido consultada por federações e clubes, mas espera que as entidades resolvam a questão. Para alguns campeonatos estaduais, a Globo já garantiu que pagará cotas completas mesmo caso eles sejam cancelados, como Gaúcho, Mineiro e Baiano. 

Foto: Miguel Schincariol/Folhapress
Fonte: Blog de Primeia – UOL Esporte

O que achou?

Escrito por Natália Milreu