in ,

São Paulo paga direitos de imagem atrasados e metade do salário CLT de março

Nesta segunda-feira, o clube quitou os dois meses de atraso dos direitos de imagem atrasados e 50% do salário CLT de março aos jogadores

São Paulo pagou dois meses de direitos de imagem atrasados (janeiro e fevereiro) e 50% do salário CLT de março aos jogadores.

O clube já colocou em prática a medida de redução salarial nesta época de pandemia do coronavírus, mesmo que parte do elenco não tenha aceitado essa medida.  

Apesar do desacordo, o São Paulo tenta buscar alternativas para encontrar uma solução desse problema, ao mesmo tempo em que acompanha os impactos da crise. Por outro lado, advogados especializados em direito esportivo apontam que não há respaldo jurídico para fazer o corte sem um acordo com os jogadores.

O clube ofereceu reembolsar os 50% descontados em seis parcelas a partir do mês seguinte ao fim da crise do coronavírus e também congelar os pagamentos de direitos de imagem a partir deste mês de abril.

O direito de imagem de março segue pendente. Na proposta salarial, o São Paulo projeta pagar “assim que possível.” Nem todos os atletas do elenco recebem parte do pagamento em direito de imagem.

Alguns jogadores entendem que a diretoria tenta incluir no acordo dívidas antigas que mantêm com os atletas. Esse jogadores querem primeiro receber os valores atrasados, entre imagens e luvas, para então discutir acordo relativo a pagamentos futuros.

Foto: saopaulofc
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu