in ,

Bauza lamenta falta de vitórias e pede reforços

O técnico Edgardo Bauza não demonstrou qualquer felicidade com o empate por 1 a 1 diante do Linense e apontou a sequência de uma vitória e quatro empates como algo incômodo

O argentino tem um aproveitamento de 44% no comando do São Paulo e ainda não conseguiu emplacar bons resultados, com isso, Patón e prometeu melhorar alguns pontos da equipe para encarar o segundo turno do grupo da Libertadores e a provável fase final do Paulistão.

“Nunca se sabe quando vai terminar (essa fase). Sei que começamos e melhoramos algumas coisas. O primeiro objetivo é classificar na Libertadores e jogar as finais do Paulista. Depois, em junho, a ideia é reforçar o time com três ou quatro jogadores, para melhorar o time e aproveitar o crescimento. O torcedor está triste, eu entendo, mas o time tem melhorado”, apontou o argentino.

+ Assista aqui aos melhores momentos da partida

+ Ganso minimiza empate e diz serie de 5 jogos sem perder

Para ele, o grande problema do clube do Morumbi é na finalização das jogadas. Mesmo com algumas dificuldades para criar lances, Bauza acredita que as oportunidades conquistadas seriam o suficiente para ter vencido ao menos metade dos últimos jogos disputados.

“Temos que criar mais. Hoje (quarta) tivemos quatro ou cinco situações muito claras e não conseguimos concluir. Já melhoramos muito a ordem defensiva e agora estamos tentando fazer com que a equipe demonstre confiança para melhorar. Nós fomos na maioria dos jogos superiores ao rival”, analisou, surpreso com a tática defensiva adotada pelo Linense. “Fomos visitantes e jogamos contra um time que jogou atrás por todo o tempo. Se fizéssemos o gol de pênalti, talvez esse cenário tivesse mudado. Estamos trabalhando da maneira que dá, pelo pouco tempo, para melhorar a efetividade”, observou.

+ Confira as notas que atribuímos aos jogadores do tricolor após o empate de ontem

Patón ainda falou sobre as penalidades desperdiçadas. Foram quatro dos cinco pênaltis.

“Temos bons batadores. São fatalidades. Era para o Ganso ou o Michel baterem, isso estava definido no vestiário. Michel tinha mais confiança, pegou para bater e errou, é algo que acontece. Mas sei que os quatro pênaltis teriam mudado o rumo das partidas”, encerrou.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0