Título do “Expressinho” do São Paulo com Ceni e Muricy completa 20 anos

Há exatos 20 anos, o São Paulo perdeu por 3 a 0 para o Peñarol, em Montevidéu, mas festejou muito no fim do jogo. Como havia vencido no Morumbi por 6 a 1, atuou com tranquilidade no estádio Centenário e conquistou o título da Copa Conmebol. Um feito para uma equipe chamada de Expressinho, em que até o técnico era reserva. Muricy Ramalho, que havia chegado meses atrás para auxiliar Telê Santana, comandou uma maioria de jovens. Entre eles, o goleiro Rogério Ceni, hoje recordista de jogos com a camisa tricolor.

A campanha foi surpreendente. Eram 16 participantes e o São Paulo começou eliminando o Grêmio nos pênaltis, depois de dois empates sem gols. Na fase seguinte, um dos episódios mais curiosos do torneio. Nas quartas de final, a equipe enfrentou o Sporting Cristal, no Morumbi, no mesmo dia em que jogou contra o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro. O meia Juninho Paulista, contratado naquele ano após boas atuações contra o Ituano, disputou as duas partidas.

No Peru, o São Paulo segurou o empate por 0 a 0 e avançou para o duelo mais emblemático, na semifinal, contra o rival Corinthians. Repleto de jogadores experientes, como Casagrande, Branco, Tupãzinho, Viola e o goleiro Ronaldo, o time sucumbiu diante dos meninos são-paulinos: Juninho, Caio Ribeiro, Denílson e o goleiro Rogério, que brilhou na disputa por pênaltis após a vitória do Expressinho por 4 a 3 no Pacaembu, e o triunfo corintiano por 3 a 2 no Morumbi.

Na final, um massacre. O São Paulo atropelou o Peñarol e ficou tranquilo para atuar fora de casa. A conquista marcou o início das carreiras de Rogério e Muricy Ramalho. Juntos, eles ainda conquistariam três títulos brasileiros, 2006, 2007e 2008. Hoje, ainda no clube, são os principais ídolos dos torcedores.

– Foi importante porque foi meu primeiro título. Nosso time era formado por moleques. O principal estava envolvido em outras competições e, então, me deram meninos da base. Foi muito marcante, porque ninguém esperava – relembrou Muricy ao site oficial do Tricolor.

CAMPANHA

Oitavas de final
Grêmio 0x0 São Paulo e São Paulo 0x0 Grêmio (6×5 para o São Paulo nos pênaltis)

Quartas de final
São Paulo 3×1 Sporting Cristal (PER) e Sporting Cristal 0x0 São Paulo

Semifinal
Corinthians 3×4 São Paulo e São Paulo 2×3 Corinthians (5×4 para o São Paulo nos pênaltis)

Final
São Paulo 6×1 Peñarol (URU) e Peñarol 3×0 São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *