in , ,

São Paulo vai ficar com uma porcentagem em caso de venda de Perri

Lucas Perri foi emprestado para o Crystal Palace, da Inglaterra, até o meio de 2019. O clube inglês já tem preço fixado para comprar o goleiro

Nesta semana, o São Paulo aceitou a proposta do Crystal Palace, da Inglaterra, para emprestar Lucas Perri até o meio de 2019. O negócio já tem preço fixado para os ingleses comprarem 80% dos direitos econômicos do goleiro de 21 anos.

A transação renderá, no mínimo, 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 19 milhões) e pode chegar a 7 milhões de euros (R$ 29,7 milhões) para o Tricolor, que ainda seguirá com 20% dos direitos do garoto. 

A variação do preço de venda tem duas explicações: um bônus por metas de jogos disputados e a data em que os ingleses exercerem a compra de Perri. O bônus por partidas pode chegar a 1 milhão de euros (R$ 4,24 milhões), enquanto o preço final fica mais caro conforme mais distante a data do pagamento para tirar o goleiro de vez do São Paulo, dentro do prazo de preferência.  

O São Paulo se mexeu para comprar a parte dos direitos que ainda não possuía, o clube tinha apenas 70%. No ano passado, quando renovou com o Perri, até 30 de abril de 2022, passou a ter todos os direitos econômicos, para justamente ter mais lucro em uma futura venda. 

LEIA MAIS:
+ Outro europeu de olho em Bruno Peres
+ São Paulo manterá estratégia de precificação em 2019
+ São Paulo de olho no lateral-direito do Galatasaray 

Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Natália Milreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0