Saída de Muricy revelou críticas a Rogério Ceni

Amigos do ex-técnico dizem que faltou mais tato para que Ceni também lidasse com a pressão

O cenário é nebuloso e de total incerteza pelos lados do CCT da Barra Funda, deixando um verdadeiro ponto de interrogação sobre quem assumirá o comando técnico do São Paulo. E, com a saída de Muricy, algumas informações negativas naturalmente vem a tona.

Segundo fontes bancadas pelo LANCE!net, a reação que o goleiro e capitão Rogério Ceni teve com a saída de seu ex-comandante e amigo não foi bem aceita por quem tem amizade também com Muricy. Além de achar antiquado os métodos do treinador, a falta de resposta da equipe sempre incomodou Rogério, que nas entrevistas deixava claro que o time precisava reagir de alguma forma.

+ Cúpula são-paulina releva atraso de Centurión

As pessoas mais próximas de Muricy defendem o ex-técnico dizendo que, se o M1TO demonstrasse mais companheirismo e dividisse melhor o peso da cobrança, as coisas poderiam ter sido mais fáceis durante a estadia do técnico tricampeão brasileiro pelo tricolor.

Outra questão de defesa pró-Muricy seria de que Ceni não podia reclamar do estilo do treinador pois ele sempre conheceu a maneira de trabalho imposta pelo técnico, admitida por ele mesmo como algo que ele não mudou conforme o passar dos anos.

A verdade é que o momento é muito mais de dúvidas e de fragilidade. Temos nós, torcedores, que tentar acreditar muito mais na tradição e grandeza que o clube possui para superar nossos desafios, sendo esse nosso único modo de acreditar em uma virada de ânimo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *