in ,

River ainda deve milhões ao São Paulo por compra de Pratto

São Paulo e River Plate se enfrentam nesta quinta-feira, pelo terceiro jogo da fase de grupos da Copa Libertadores

Em 2018, o River Plate comprou o atacante Pratto por 11,5 milhões de euros, com o São Paulo recebendo cerca de 8,5 milhões de euros, e mais 3,5 milhões de euros por metas e 1 milhão de euros pelo título da Libertadores de 2018. 

Nos últimos anos, o clube argentino chegou a atrasar o pagamento, e o Tricolor teve que ir algumas vezes até a Fifa, brigar para receber o dinheiro que é seu por direito. Por causa dos atrasos, o River Plate foi multado pela entidade máxima do futebol em R$ 2,5 milhões (valor corresponde aos juros e multas).

Atualmente, Pratto perdeu espaço na equipe, e por conta de uma lesão, não estará disponível para o confronto desta quinta-feira, no Morumbi. 

+ São Paulo tem quase 100% contra argentinos no Morumbi pela Libertadores

No início deste ano, o clube argentino até chegou a pagar 4 milhões de euros que restavam do total negociado, mas ficou ainda em aberto o valor das multas. Por isso, o Tricolor precisou acionar mais uma vez a Fifa. Como o River não recorreu da decisão, foi estipulado em maio o pagamento dos R$ 2,5 milhões, em dez parcelas. Até agora, não houve mais atraso, mesmo com a crise financeira por causa do novo coronavírus. 

Pratto pelo São Paulo

O atacante argentino fez 48 partidas e 14 gols. O jogador foi comandado por Rogério Ceni e por Dorival Júnior, durante a sua passagem, em 2017. 

Foto: Pratto comemorando gol pelo Tricolor – saopaulofc.net

Foto: saopaulofc.net
Fonte: UOL Esporte

O que achou?

Escrito por Natália Milreu