Muricy sobre voltar ao São Paulo: “Quem sabe um dia”

Em entrevista, ex-treinador do Tricolor e atual comentárista dos canais SporTV, Muricy disse que tem a intenção de voltar a trabalhar no clube

Em entrevista para o jornal Gazeta Esportiva, Muricy Ramalho, ex-treinador do São Paulo e atual comentárista dos canais SporTV, disse que cumprirá o seu contrato com a emissora até o final da Copa do Mundo, e depois desse período deve abrir negociações para voltar a trabalhar em algum clube.

O favorito dele, claro que é o Tricolor, pois tem um passado vitorioso no time do Morumbi. Foi tricampeão brasileiro pelo Tricolor entre 2006 e 2008. “É o time que eu conheço, que gosto. Cresci no São Paulo”. Quem sabe um dia se o São Paulo achar que eu sou o cara”, disse. Mas enfatizou: “Desde que eu tenha autonomia, é claro”.

A ideia não é ser mais treinador, como já foi por três vezes no Tricolor, e sim um cargo administrativo, entre o elenco e a diretoria.

“Treinador eu não quero ser mais. Toda hora recebo propostas para voltar, mas não quero mais, eu decidi. Há dois anos visitei o Barcelona para fazer um estudo da parte administrativa, porque um dia posso ajudar fazendo esse meio-campo (entre elenco e diretoria) como coordenador técnico. Mas com autonomia”, falou.

Muricy ressaltou que no atual momento do clube talvez a sua contratação não seja necessária, pois já tem Raí, como diretor-executivo, Ricardo Rocha, como coordenador de futebol e Lugano, como superintendente de relações institucionais.

LEIA MAIS:
+ Veja a lista dos emprestados do São Paulo nesta temporada

“O São Paulo tem três ex-jogadores que são muito bons no que estão fazendo, e não precisa de mim agora. Mais para frente vamos ver”, explicou o técnico tricampeão brasileiro pelo Tricolor entre 2006 e 2008.

Muricy ainda conta que no ano passado, quando a equipe estava na zona do rebaixamento, ele recebeu o convite do São Paulo para ter um cargo no clube, mas por conta do seu compromisso com o SporTV ele atuou só como um “consultor” informal, sem rotina e sem vínculo oficial.

“No ano passado eu tive o convite do próprio São Paulo e de outros clubes, mas não deu certo porque eu tenho ideia de cumprir meu contrato com a Sportv. Depois da Copa, aí, sim, eu posso voltar”, finalizou.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *