in ,

Lugano é apenas o quinto estrangeiro com mais jogos pelo São Paulo

São Paulo,SP,Brasil 22 de MAIO 2016 SÃO PAULO-JOGO- SÃO PAULO X INTERNACIONAL-Lugano jogador do São Paulo comemora gol contra a equipe do Internacional ,durante partida valida pelo campeonato Brasileiro.Rodrigo coca/Eleven

Ídolo são-paulino está atrás de Darío Pereyra, Pablo Forlán, Pedro Rocha e Jose Poy

Ainda desconhecido e com apenas 22 anos, Lugano chegou ao São Paulo em 2003, quando foi contratado do Nacional. Na primeira passagem, o zagueiro atuou pelo clube até 2006 e ficou eternizado como o símbolo de raça da equipe que conquistaria a Libertadores e o Mundial em 2005.

Depois de rodar pelo futebol europeu, o uruguaio retornou ao Tricolor em 2016. Ao jogar mais duas temporadas antes de pendurar as chuteiras, Lugano acumulou 176 jogos com a camisa são-paulina, contabilizando as duas passagens.

Sem dúvidas,Dio5 se consagrou como um dos grandes ídolos do clube, mas ainda fica atrás de outros quatro estrangeiros em números de jogos. Nesta lista, quem aparece logo acima de Lugano é Pablo Forlán. Um dos maiores laterais-direitos do Tricolor, ele atuou pelo clube entre 1970 e 1976, atuando em 243 partidas, e foi tricampeão paulista (1970, 1971 e 1975). 

Em seguida, Pedro Rocha abre o top-3 dos estrangeiros. Com 393 partidas com a camisa do São Paulo, o meia deu muitas alegrias para o torcedor entre 1970 e 1977. Com extrema categoria, conduziu o clube aos títulos do Paulista de 1971 e 1975, além do Campeonato Brasileiro de 1977.

Outro grande craque e ídolo aparece em segundo lugar, com 456 jogos: Darío Pereyra, que atuou pelo Tricolor por 11 anos, de 1977 a 1988.Jogador completo, com  técnica para defender e qualidade para jogar no meio-campo, Dario conquistou dois Brasileiros (1977 e 1986) e quatro Paulistas (1980, 1981, 1985 e 1987).

Depois de uma sequência de uruguaios, o argentino Jose Poy fecha a lista como o estrangeiro que mais vestiu a camisa do São Paulo. Ele chegou ao clube em 1948 e não demorou para se destacar pela sua agilidade e frieza debaixo das traves. Com várias passagens até 1983, o arqueiro disputou 552 jogos pelo Tricolor e foi campeão paulista de 1975.

Foto: Divulgação
Fonte: Terra.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu