in , ,

Há 16 anos, Luis Fabiano foi muito importante em vitória contra a LDU

LDU volta ao Morumbi nesta quarta, e eles não têm boas lembranças da nossa casa. Na Libertadores de 2004, Luis Fabiano foi muito importante para a vitória Tricolor

A LDU (EQU), adversária do São Paulo nesta quarta-feira, pela Libertadores, visitou o Morumbi há exatos 16 anos e aos 28 minutos da segunda etapa, o atacante Luis Fabiano fez a festa dos mais de 50 mil torcedores e com um golaço, garantiu a vitória por 1 a 0 ao Tricolor. O goleiro Jacinto Espinoza que provou o “Fabuloso” durante toda a partida, ficou sem reação com a bola que o encobriu, e nada pôde fazer.

“Ele estava me provocando no primeiro tempo, me segurou ali… Aí, goleirão, pega lá! LDU, Luis deixou um”, disse o atacante na saída do gramado. 

Aquela partida também ficou marcada pelo desentendimento de Cuca com Jorge Fossati, técnico da LDU. Ele acertou uma bolada no rosto do uruguaio no fim do primeiro tempo e acabou expulso.

“Era um lateral para nós e o jogador deles ficou com a bola embaixo do braço do meu lado. Eu tirei a bola do jogador e, quando fui dar para o nosso bater, acabou o primeiro tempo. Ele veio do meu lado falando não sei o quê, eu bati com a bola no rosto dele e mereci ser expulso”, explicou Cuca, na coletiva pós-jogo.

VALE LEMBRAR QUE Luis Fabiano foi o artilheiro daquela Libertadores com oito gols.

Naquele ano, o São Paulo foi até a semifinal e foi eliminado pelo desconhecido Once Caldas, que viria a ser o campeão.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 0 LDU (ECU)

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Gabriel Brazenas (ARG)
Cartões amarelos: Cicinho, Fábio Santos e Rodrigo (SPFC); Aguinaga e Obregón (LDU)
Cartão vermelho: Cuca (SPFC)

Gol: Luis Fabiano, aos 28´ST

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Cicinho, Fabão, Rodrigo e Fábio Santos; Alexandre, Fábio Simplício (Diego Tardelli), Souza (Danilo) e Gustavo Nery; Grafite (Marquinhos) e Luis Fabiano. Técnico: Cuca

LDU: Jacinto Espinoza, Espínola, Jácome e Giovanny Espinoza; Reasco, Obregón, Urrutia, Aguinaga (Gonzalez) e Ambrosi; Murillo (Villagra) e Salas (Paredes). Técnico: Jorge Fosatti.

FOTO: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara