Mudar para o modo escuro.

Mudar para o modo claro.

in ,

Antony se diz ansioso para estrear na Libertadores no Morumbi

Antony perdeu uma das melhores chances na derrota contra o Binacional e se diz ansioso para estrear como titular em Libertadores no Morumbi

O jovem atacante nunca escondeu que defender o São Paulo em uma Libertadores era um de seus sonhos, ele até sentiu o gostinho no ano passado, quando entrou nos minutos finais na partida contra o Talleres (ARG), no Morumbi, mas a eliminação precoce da equipe frustrou os planos.

Agora, mesmo vendido ao Ajax (HOL), o atacante de 20 anos terá até o dia 1º de julho para saborear essa experiência. Foi sobre isso que ele falou em entrevista coletiva nesta terça-feira, um dia antes de o Tricolor receber a LDU (ECU).

“Todos os jogos aqui para mim são muito importantes, mas desde a estreia na Libertadores eu me emocionei muito. Sempre tive esse sonho de jogar a Libertadores pelo São Paulo, então é uma motivação a mais poder estar falando que amanhã tem um jogo de Libertadores no Morumbi lotado. É onde sempre sonhei em jogar, o clube que eu amo. Sempre tive o desejo de jogar uma Libertadores no Morumbi e estou tendo esse privilégio. Estou tentando desfrutar ao máximo do dia a dia com os companheiros aqui no clube. Vou me esforçar muito, aproveitar cada momento e ajudar o São Paulo”, disse o atacante.

O jogo terá uma pressão extra pela derrota de virada para o Binacional (PER), na altitude de Juliaca. Antony foi um dos atletas que desperdiçaram oportunidades claras de ampliar o placar quando o São Paulo vencia por 1 a 0 e diz que revê o lance e trabalha para não acontecer de novo.

“A gente sabe que teve muitas oportunidades e infelizmente não concluiu. O grupo tem trabalhado muito para não repetir. Eu tenho visto o lance que perdi, não pode errar. Espero que amanhã surjam mais oportunidades e que a gente não perca”, disse o jovem, que emendou:

“O Diniz manda ter calma, respirar. Ele nos passa muito confiança. Não só eu, mas os outros atacantes também têm trabalhado muito finalização para que as oportunidades perdidas não venham se repetir”, afirmou.

Se precisar de inspiração, o jogo contra a própria LDU, há exatos 16 anos, pode ser uma boa fonte. O gol da vitória são-paulina por 1 a 0 foi de Luis Fabiano em um lindo toque por cobertura. Antony tinha só quatro anos, mas, são-paulino, diz que tem lembranças daquele momento:

“Eu estava em casa, 1 a 0, gol do Luis Fabiano de cavadinha. Lembro um pouco disso”, relembrou o garoto.

FOTO: ESPN

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara

Back to Top
close

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

To use social login you have to agree with the storage and handling of your data by this website. %privacy_policy%

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.