in , ,

Futuro das categorias de base estão em risco devido à pandemia

Futebol brasileiro está há dois meses parado por conta da pandemia do coronavírus

Ainda em um cenário de incerteza, o impacto tem sido grande especialmente na base. Os jovens sofrem com quadros de ansiedade e depressão com o medo de verem o próprio futuro na modalidade comprometido.

Atual campeão da Copa São Paulo de futebol júnior, o torneio mais tradicional de base no Brasil, o Internacional foi um dos clubes que diagnosticou essa tendência e tomou medidas rápidas.

Desde 18 de março, data em que os 78 atletas alojados pelo clube iniciaram a quarentena, a diretoria tem feito o acompanhamento dos jovens à distância com bastante rigor. Profissionais da área técnica, assistentes sociais, psicólogos e médicos monitoram os jovens.

No cenário nacional, a CBF suspendeu o Campeonato Brasileiro sub-17 após a primeira rodada e a Copa do Brasil sub-20, únicos torneios de base já iniciados. Mas pretende retomá-los no futuro. Em nota, a entidade também diz que prevê realizar as competições sub-15 e sub-20.

Nesta semana, o São Paulo fez reuniões online com jogadores e comissão técnica de Cotia, para acompanhar os garotos na parte técnica e tática.

Foto: saopaulofc.net
Fonte: ESPN Brasil 

O que achou?

Escrito por Natália Milreu