in

Final de 1986, Libertadores e Telê. Darío Pereyra opina

Darío Pereyra falou cobre o título brasileiro de 86, porque não ganharam uma Libertadores e citou time de Telê Santana

São Paulo e Guarani fizeram a final do Brasileirão de 1986, que só foi decidido no começo do ano seguinte em um dos jogos mais emblemáticos e emocionantes do futebol brasileiro.

SPFC-Noticias-HETC-Darío-Pereyra-6No finzinho da prorrogação, o São Paulo perdia por 3 x 2 e pelo menos teria de empatar a partida para levar a decisão para os pênaltis. O lance que você vai ver no vídeo abaixo, foi comentado por Darío Pereyra.

“Eu já tinha praticamente desistido, então o Vagner Basílio chutou pra frente, o Pita, que nunca fez um gol de cabeça, ganhou no alto de um zagueiro. Então, a bola foi para o Careca, que acertou aquele sem pulo. Ganhamos nos pênaltis. Estava escrito nas estrelas”.

O São Paulo tinha um time incrível na época, com Gilmar; Fonseca, Wagner Basílio, Darío Pereyra e Nelsinho; Bernardo, Silas, Pita; Müller, Careca, Sídnei e Serginho Chulapa, sob o comando de Pepe.

O zagueiro uruguaio, que marcou um dos gols do São Paulo nas cobranças de pênaltis, foi questionado sobreo motivo de o Tricolor não ter conquistado a Libertadores no período.

“Eram tempos diferentes. No Brasil, não se dava importância à Libertadores. Era comum guardar os jogadores para o Paulista. E quem mandava na Conmebol, era a Argentina. O São Paulo, com o Telê, mudou o enfoque. E ficou forte nos bastidores”.

Seis anos depois, vencemos nossa primeira Libertadores e o resto, todos já sabem!

Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara