in ,

Ceni ‘explica’ críticas feitas por alguns torcedores

Rogério Ceni durante jogo contra o Ceará (Foto: Divulgação / São Paulo)

Após a partida contra o Ceará, Ceni falou sobre a polêmica com as torcidas organizadas e explicou a declaração que deu sobre o Flamengo

Rogério Ceni fez sua reestreia como técnico do São Paulo na última quinta-feira e ficou no empate por 1 a 1 com o Cearáno Morumbi.

Após a partida, o treinador falou sobre a relação com torcidas organizadas do clube, que o chamaram de ingrato e cobraram pedido de perdão por uma declaração sobre o Flamengo.

Minha relação com São Paulo é eterna. Eu respeito, pelo amor de Deus, se eu durante 25 anos deixei minha vida aqui dentro e ainda pode haver pessoas descontentes, eu lamento. Se o torcedor gritar ou não, vou estar sempre próximo, sempre respeitando”, disse Ceni.

“Eu acho que não tem motivo nenhum, seja organizado…todos me cumprimentaram, me saudaram desde a chegada, ficaram felizes. Acho que com o passar do tempo, com os resultados…o São Paulo é minha casa. A torcida, que seja a Independente, a Dragões, que são as torcidas organizadas, tenho maior carinho por todas, maior respeito por todas”, completou, sem entrar em polêmica.

“A declaração que eu dei quando estava no Flamengo é que era uma grande instituição, um ótimo lugar para se trabalhar, um clube que me propiciou ser campeão brasileiro e outros títulos. No Rio de Janeiro, é diferente. Em São Paulo a torcida é muito dividida entre os três grandes”, justificou.

O respeito que eu tenho ao Flamengo e todos os outros clubes que eu trabalhei não diminui o quanto eu gosto e me identifico com o São Paulo”, garantiu.

Com o resultado de 1 a 1, o São Paulo acumula seu sexto empate consecutivo no Campeonato Brasileiro. O time segue ameaçado pelo rebaixamento, vai aos 31 pontos e fica em 13º lugar com 26 jogos.

Foto: Divulgação / São Paulo
Fonte: Lance!

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara