in , ,

Calleri: Agora ou nunca

Calleri. (Foto: Divulgação)

A quinta-feira será decisiva para a negociação envolvendo São Paulo, Deportivo Maldonado e Jonathan Calleri

Após aumentar a proposta, o Tricolor definiu este dia 15 como o prazo final para que o Deportivo Maldonado responda a proposta enviada para a contratação do jogador argentino.

Com o receio de que as negociações virem uma novela, o São Paulo “pressiona” o clube uruguaio ao estipular uma data. Com algumas das janelas europeias abertas até o final de agosto, o Deportivo Maldonado pode empurrar para frente essa definição.

O Tricolor melhorou a primeira oferta após o clube uruguaio e os empresários do atacante não concordarem com os valores. A proposta é de compra definitiva, com contrato até 2024 e pagamentos a partir de 2022.

Caso não receba uma resposta nesta quinta-feira, o São Paulo deve mudar sua postura nas negociações.

O São Paulo também já enviou sua oferta salarial: um salário fixo e uma outra parte por produtividade. Situação parecida com a de Miranda, que tem um fixo e bônus por metas atingidas.

Leia também:

No início das conversas, Calleri já havia externado aos seus representantes sua vontade de retornar ao São Paulo. O jogador, que teve passagem por times de menor expressão da Europa após deixar o Tricolor, em 2016, vê com bons olhos atuar no clube que o projetou.

No entanto, o entrave está com os empresários e donos do Deportivo Maldonado. No entendimento deles, Calleri ainda tem mercado na Europa e pode conseguir um contrato melhor.

O vínculo de Calleri com o Deportivo Maldonado vai até o final de 2022. Além do empréstimo para o São Paulo, em 2016, ele já foi cedido para o West Ham (Inglaterra), Las Palmas, Alavés, Espanyol e Osasuna (Espanha).

Foto: Divulgação
Fonte: ge

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara