Bastidores do tricolor expostos ao vivo hoje no SporTV

Alexandre Borgeois Falou tudo e mais um pouco hoje no Seleção SporTV

A tarde desta terça-feira foi bem constrangedora para a torcida tricolor. O ex-CEO do clube participou ao vivo do programa seleção SporTV e falou muito sobre sua passagem e sua saída do São Paulo.

O ex-CEO disse no programa que sua demissão foi algo muito estranho e que nunca imaginou passar por isso, inclusive, fora ameaçado pelo acessor de imprensa.

“Foi um fato surreal, com ameaça. Foi coverde. Teve um que disse que era faixa preta de judô e que me bateria se me cruzasse na rua.”

Borgeois ainda criticou a gestão do clube que é mascarada e concluiu dizendo que não põde cumprir sua função no clube e que se sentiu boicotado.

“O São Paulo tem uma imagem de ter uma gestão impecável. O que não era bem a imagem que a gente via de fora.É muito difícil enfrentar essa força política que prefere ganhar título e deixar o clube quebrado a resolver o problema do clube. Eu fui contratado para rever os contratos. E em 3 meses, eles não me passaram seque um contrato para eu ver. Disseram que não era a hora certa.

Logo após o apresentador Marcelo barreto se despedir de Borgeois, Carlos Miguel Aidar emitiu uma carta pública que foi lida ao vivo. Nesta carta, Aidar colocou Alexandre em uma posição muito comoda e constrangedora.

LEIA ABAIXO:

Cabe ao São Paulo Futebol Clube esclarecer que sua prestação de serviços foi encerrado pelas razões que seguem: ⠀ – Quebra de confiança – Desempenho pífio nas tarefas a ele confiadas – Perfil profissional incompatível com o clube – Viés inadequado de empresario de futebol – Vazamento de informações internas – Aproveitamento do trabalho de terceiros ⠀ Enfim, não disse a que veio.” ⠀ Alexandre encerrou o assunto dizendo: “Por incrível que pareça, não estou surpreso. Tenho como provar tudo que falo. Duvido que ele tenha como provar o que ele alega nessa nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *