Abílio Diniz está contrariado com Osorio e Aidar

Conselheiro do tricolor, Abílio Diniz ficou sem palavras após a derrota para o Flamengo neste domingo

Em seu blog no UOL., Abílio Diniz publicou um texto onde diz que o São Paulo está muito perdido, tanto dentro como fora de campo, além disso, o empresário foi contra opções do técnico Juan Carlos Osorio e criticou o presidente Carlos Miguel Aidar.

Leia abaixo o relato completo:
Comentar o jogo de hoje é falar mais do mesmo. Não entendo o que o treinador colombiano Juan Carlos Osorio quer fazer. Entendo que ele está sob muita pressão e inseguro, mas poderia tentar fazer o mais simples.

Além do esquema tático equivocado, a defesa continua um desastre, o meio-campo, sem criatividade e o ataque, improdutivo. Enfim, mais do mesmo.

É preciso que os são-paulinos estejam preparados e não tenham ilusões. Infelizmente, não vejo chance de melhoria no curto prazo. Como disse no meu último post, é preciso repensar o São Paulo.

Todos sabem que sou são-paulino e estou tentando ajudar, mas está muito difícil. Neste fim de semana vimos mais uma decisão estranha: a venda de Rafael Tolói. O que tem de errado? Talvez nada, não fosse Tolói, apesar das críticas, o menos ruim dos zagueiros disponíveis.

O São Paulo precisa muito de dinheiro, mas por que vender um jogador no qual o clube tem participação baixa e pelo qual vai receber tão pouco que não compensa a venda? Além disso, é preciso perguntar o que fez a atual direção com o dinheiro da venda de oito jogadores? Pôs no ralo, visto que até agora não foi dado nenhum passo concreto para resolver os problemas estruturais que levam ao desequilíbrio financeiro.

A imprensa diz que o novo CEO do clube ainda vai apresentar o plano de ação detalhado para a profissionalização da gestão, mas isso não é motivo para a inércia e o imobilismo. Não há tempo.

O SPFC de tantas tradições e seus associados correm risco enorme. As dívidas pioram a cada dia e estão se tornando impagáveis, ameaçando o patrimônio do clube. Diante disso, é preciso comando, determinação, velocidade e, principalmente, credibilidade. É preciso ação.

Como membro do Conselho Consultivo, tenho tentado ajudar o São Paulo através do seu presidente, Carlos Miguel Aidar. Mas é preciso que ele coopere e se concentre nos interesses do São Paulo.

Vou continuar tentando ajudar porque desistir é palavra que não consta do meu vocabulário. Não desisto nunca, mas preciso de ajuda. O São Paulo tem nos seus Conselhos Consultivo e Deliberativo homens formidáveis, de bem, alguns ex-presidentes e ex-diretores.

Peço a todos que ajudem a unir o clube e a somar esforços para tentar salvar o São Paulo enquanto há tempo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *