in

Muricy Ramalho deu o recado!

Treinador disse que não é qualquer pessoa que pode pressioná-lo dentro do clube

Mesmo quando o resultado é positivo, ainda assim o assunto no São Paulo envolve a situação política de clube e o técnico Muricy Ramalho. Depois de ter dito na quinta-feira passada sobre a necessidade de um clima de mais união no tricolor, dessa vez ele preferiu apenas se referir ao seu trabalho.

Apesar de diversas vezes ter evitado questões sobre o tema, em um determinado momento da entrevista coletiva após o triunfo por 2 a 1 contra a Ponte Preta o técnico acabou soltando mais uma frase de impacto:

“Para mim, pedir a cabeça só se o cara vier me pressionar. Tem que ser fera para me pressionar. Outro dia o time brigou para não cair e a gente ficou com o time em cima. Para me pressionar tem que ser grande.”

+ Resumão da partida: Ponte Preta 1 x 2 São Paulo

Pelos resultados controversos na temporada e um rendimento abaixo do esperado pelo elenco que Muricy tem em mãos, não são poucos os integrantes da diretoria e conselheiros que pedem a cabeça do técnico.

E apesar do próprio presidente Carlos Miguel Aidar dizer em nota oficial seu apreço para com o comandante do Soberano, o principal defensor do atual treinador do São Paulo nos bastidores tem sido o vice-presidente Ataíde Gil Guerreiro.

O que achou?