Violência gratuita na Vila

Um grupo de 40 santistas tentou fazer uma emboscada para quatro ônibus da torcida do São Paulo durante o clássico na Vila Belmiro

O aque deve ser um jogo de futebol, se transforma em guerra quando se trata de clássico (infelizmente).

E ontem não foi diferente. Durante durante o segundo tempo do clássico nesta quarta-feira à noite, na Vila Belmiro, houve uma tentativa de agressão de torcedores santistas à são-paulinos. Quando os torcedores locais atiraram pedras nos ônibus tricolor, mas a PM entrou em ação e impediu que houvesse confronto.

+ Veja como foi o clássico dentro de campo

Carro de torcedores do São Paulo foi incendiado.
Carro de torcedores do São Paulo foi incendiado.

Ainda de acordo com a PM, os quatro veículos que transportavam os são-paulinos só chegou ao estádio no segundo tempo por conta de uma outra emboscada, essa ainda na capital paulista, feita por autores não identificados. A Polícia confirmou também que o carro de um são-paulino foi incendiado por santistas.

Perto do fim do San-São, torcedores do São Paulo reclamaram que foram impedidos de entrar na Vila Belmiro, mesmo com ingressos do jogo. Segundo a PM, somente são-paulinos com artigos da principal torcida organizada do clube não tiveram a entrada autorizada, por conta de uma punição. O mesmo procedimento foi adotado com a principal torcida uniformizada do SFC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *