Somente dois jogadores fora dos planos do Tricolor ainda estão no clube

Clube conseguiu negociar quase todos os jogadores que não estavam nos planos de Fernando Diniz para está temporada; veja a lista abaixo

O São Paulo conseguiu negociar praticamente todos os jogadores que voltaram de empréstimo ou que não estavam nos planos de Fernando Diniz para esta temporada. 

Agora, apenas dois jogadores continuam treinando separados do elenco: Paulinho Bóia e Calazans. Ambos não têm futuro definido e podem ser negociados ou serem reintegrados (pouquíssimas chances) ao elenco de Diniz a qualquer momento.

Jogadores fora dos planos do Tricolor que estavam no elenco em 2019

Jucilei: Teve contrato rescindindo com o São Paulo em um acordo entre as partes.

Hudson: O volante foi emprestado ao Fluminense até o final deste ano. O contrato com o Tricolor paulista vai até dezembro de 2021. Na negociação, o São Paulo ficou com prioridade de compra de Wallace, joia das categorias de base do Fluminense.

Jean: Após ser acusado de agressão pela esposa nos EUA e ser preso, o São Paulo decidiu suspender o contrato do goleiro. Ele acertou empréstimo com o Atlético-GO até o fim de 2020.

Atletas que retornaram de empréstimo em 2020 e não estavam nos planos do clube 

Gabriel Novaes*: Está em negociação para ser emprestado para o Botafogo. 

Jonathan Gómez: O Sport anunciou a contratação definitiva do meia-atacante. O São Paulo seguirá com 35% dos direitos do jogador. No ano passado, Jonatan Gómez atuou pelo CSA.

Everton Felipe: Foi emprestado para o Cruzeiro até o fim da temporada. Em contrapartida, o São Paulo tem prioridade de compra dos jovens Caio Rosa e Ageu.

Araruna:  São Paulo cedeu o atleta ao Reading FC de graça, mas manteve 40% dos direitos econômicos do jogador.

Léo Natel: O atacante assinou um pré-contrato com o Corinthians sem avisar o Tricolor e será liberado no meio do ano, quando termina o contrato com o Tricolor.

*negociação em andamento

Futuro indefinido no clube – treinando separado do elenco

Paulinho Bóia: Chegou a acertar com o Cruz Azul, do México, mas foi reprovado nos exames médicos e retornou ao São Paulo. Ele treina de forma separada e espera ter espaço no elenco de Diniz.

Calazans: Sem chances de ser aproveitado na equipe, pediu para não se apresentar na pré-temporada e passou a treinar separado à espera de um clube interessado. Até o momento não há negociações pelo jogador.

Foto: Divulgação
Fonte: Globoesporte.com