São Paulo quer comprar Igor Vinícius, mas ainda busca um lateral

Nos bastidores a decisão de comprar o lateral direito já foi tomada, mas o clube quer esperar até o fim desta temporada para tratar a negociação

Apesar de Cuca pedir prioridade na contratação de um lateral direito, a diretoria do São Paulo trabalha com cautela e olha preferencialmente para o mercado interno. Hoje, o time conta com Igor Vinícius (emprestado pelo Ituano até o fim da temporada) e Walce, além de Hudson, que não quer, mas pode atuar improvisado, e Tchê Tchê, outra opção para ser improvisado.

Um dos motivos para focar o futebol local é o pouco tempo hábil para fechar com alguém de fora. A janela de transferência para contratações do exterior fechará no Brasil no próximo dia 31 (daqui uma semana).

Outra razão para pensar assim é que Cuca entende que, com menos de 30 rodadas do Campeonato Brasileiro para disputar, o São Paulo precisa de um jogador que venha pronto para jogar para ser titular. 

O treinador admitiu para pessoas próximas ser este seu pensamento e também o da diretoria, mas reconheceu que a grande dificuldade é buscar laterais que reúnam boa condição técnica disponíveis na primeira divisão.

As negociações com Adriano e Gilberto não deram certo. O primeiro fechou com o Athletico-PR e o segundo fez o seu oitavo jogo pelo Fluminense, o que o impede de jogar pelo Tricolor no Brasileirão. 

Ao mesmo tempo que busca um lateral para fechar o elenco, o São Paulo também está decidido a comprar Igor Vinícius. O jogador está emprestado pelo Ituano até o final do ano e tem custo considerado baixo: R$ 1 milhão.

Fontes do clube confirmaram que já foi decidido, mas o assunto só será tratado ao final da temporada. O mesmo disseram representantes do jogador. Igor Vinícius tem sido bem avaliado, embora a comissão técnica entenda que ele ainda toma muitos cartões, ele já foi expulso duas vezes no Brasileirão. 

Foto: Gazeta Press
Fonte: ESPN Brasil