in , ,

Relembre as campanhas do São Paulo na Copa do Brasil

Copa do Brasil de 2000. (Foto: Divulgação)

Com apenas uma final disputada, Tricolor vai em busca de um inédito título; o único que nos falta

Nesta terça-feira (8), faremos o jogo de volta contra o 4 de julho, no Morumbi. Após ter perdido o jogo de ida por 3 a 2, o Tricolor precisa vencer por dois ou mais gol de diferença para avançar direto. Uma vitória simples, levará a decisão para as penalidades.

Para afastar o fantasma do 4 de Julho

Relembre aqui as campanhas do Tricolor na história do mata-mata nacional:

1990 – Quartas de final – Criciúma: na primeira edição que o São Paulo disputou a Copa do Brasil, o Tricolor perdeu para o Criciúma nas quartas de final. Após perder a ida por 2 a 0, venceu a volta por 1 a 0, mas acabou saindo do torneio.

1993 – Quartas de final – Cruzeiro: mais uma Copa do Brasil que o São Paulo saiu nesta fase. Desta vez, o algoz foi o Cruzeiro, que venceu a ida por 2 a 1 e empatou na volta em 2 a 2.

1995 – Quartas de final – Grêmio: outra vez o São Paulo saiu nesta fase do mata-mata. Agora, o Grêmio eliminou o Tricolor. Empate na ida em 1 a 1 e a vitória da equipe do Sul por 2 a 0, eliminou o São Paulo.

1996 – Oitavas de final – Internacional: o São Paulo foi eliminado precocemente pelo Inter ao escalar Lima, que nã estava regularizado.

1997 – Oitavas de final – Vitória: o algoz nesse ano foi o Leão de Salvador, venceu a ida por 2 a 1 e empatou a volta em 2 a 2, eliminando o Tricolor.

1998 – Quartas de final – Vasco: mais uma eliminação, desta vez para o Vasco. O Cruzmaltino venceu a volta por 4 a 3, depois de empatar na ida por 1 a 1.

1999 – Quartas de final – Botafogo: desta vez, a eliminação foi para o Glorioso. A ida foi 1 a 1, mas na volta o Tricolor perdeu por 3 a 1 e saiu do torneio.

2000 – Vice-campeão – Cruzeiro: a melhor campanha do São Paulo até aqui, quando perdeu a final para a Raposa. A ida foi 0 a 0 e na volta, o Cruzeiro venceu por 2 a 1, ganhando a final.

2001 – Quartas de final – Grêmio: Tricolor foi eliminado pelos gaúchos após perder as duas partidas. Na ida, 2 a 1 e na volta, 4 a 3.

2002 – Semifinal – Corinthians: no Majestoso, derrota para o Corinthians. Na ida, o Alvinegro venceu por 2 a 0. Mesmo vencendo por 2 a 1 na volta, o São Paulo foi eliminado.

2003 – Quartas de final – Goiás: o Tricolor foi eliminado pelo gol fora de casa. Foram dois empates, em Goiânia, 0 a 0 e no Morumbi, 1 a 1.

2011 – Quartas de final – Avaí: depois de quase dez anos sem disputar o torneio, o São Paulo foi eliminado pelo Leão nas quartas. Venceu a ida por 1 a 0, mas perdeu a volta por 3 a 1.

2012 – SemifinalCoritiba: o Tricolor foi eliminado nas semis daquele ano pelo Coxa. Venceu a ida por 1 a 0, mas perdeu o jogo da volta pelo placar de 2 a 0.

2014 – Terceira faseBragantino: mais uma eliminação, desta vez para o clube do interior paulista. Na ida, venceu por 2 a 1, mas na volta, perdeu por 3 a 1 e saiu do torneio.

2015 – SemifinalSantos: outra eliminação nas semis, desta vez para o rival. O Tricolor perdeu os jogos pelo placar de 3 a 1 e foi eliminado.

2016 – Oitavas de finalJuventude: o algoz da vez foi a equipe gaúcha, que venceu no Morumbi por 2 a 1 e perdeu a volta por 1 a 0. Pelo gol fora de casa, o São Paulo foi eliminado.

2017 – Quarta faseCruzeiro: o time do São Paulo foi eliminado pelo Cruzeiro. Na ida, vitória do Cruzeiro por 2 a 1. Na volta, o triunfo do São Paulo por 2 a 1, o eliminou do torneio.

2018 – Quarta faseAthletico-PR: outra eliminação nesta fase, desta vez para o Furacão. Na ida, vitória dos paranaenses por 2 a 1, Na volta, o empate por 2 a 2 eliminou o Tricolor.

2019 – Oitavas de finalBahia: desta vez, o algoz foi o Bahia, que venceu os dois jogos por 1 a 0 e eliminou o São Paulo.

2020 – SemifinalGrêmio: mais uma eliminação para os gaúchos. Na ida, vitória do Grêmio por 1 a 0 e na volta, empate sem gols.

2021 – Quartas de final – Fortaleza: outra eliminação, desta vez para o Leão do Pici. Na ida, o São Paulo abriu 2 a 0 no Morumbi, mas deixou levar o empate. Na volta, a derrota por 3 a 1, no Castelão, tirou o time do torneio.

Entre 2004 e 2010, os times que disputavam a Libertadores, não poderiam jogar a Copa do Brasil.

Eliminações:

Quarta fase: 2
Terceira fase: 1
Oitavas: 4
Quartas: 11
Semifinal: 4
Final: 1

Times:

Athletico: 1
Avaí: 1
Bahia: 1
Bragantino: 1
Botafogo: 1
Criciúma:  1
Cruzeiro: 3
Corinthians: 1
Coritiba: 1
Fortaleza: 1
Grêmio: 3
Goiás: 1
Inter: 1
Juventude: 1
Santos: 1
Vasco: 1
Vitória: 1

Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara