in , , ,

Quanto custa, quem são os agentes e qual a parte do clube nos jogadores ‘Made in Cotia’

Antony, Liziero, Luan e Igor Gomes se destacaram na vitória por 2 a 1, no Morumbi no último domingo, diante do Ituano pelo Paulistão

Após a partida diante do Ituano no último domingo, os jovens tiveram apenas alguns minutos diante das câmeras ao sair do Morumbi. No dia seguinte, treino leve, bate-papo com a psicóloga do time e com Raí. 

Os quatros foram revelados em Cotia, onde fica o centro de treinamento da base tricolor. Além deles, o elenco profissional conta ainda com os atacantes Brenner e Helinho.

Todos eles renovaram seus contratos no último ano e ganharam uma blindagem ainda maior do que a “proibição” de entrevistas. Eles têm uma multa rescisória para o mercado internacional de 50 milhões de euros (hoje, R$ 218 milhões).

VALE LEMBRAR QUE que a multa internacional é definida em acordo entre as partes, diferente da multa para o mercado nacional, que leva em consideração uma porcentagem do salário de cada jogador mais o tempo de contrato.

Outra proteção é o São Paulo deter 100% dos direitos econômicos de todos esses jogadores, algo incomum para alguns clubes no Brasil.

Igor Gomes: vínculo até 31 de março de 2023 – Empresário: Wagner Ribeiro

Liziero: vínculo até 30 de abril de 2023 – Empresário: Fernando Garcia

Luan: vínculo até 31 de dezembro de 2022 – Empresário: Giuliano Bertolucci

Helinho: vínculo até 30 de abril de 2023 – Empresário: Giuliano Bertolucci

Antony: vínculo até 30 de setembro de 2023 – Empresário: Júnior Pedroso

Brenner: vínculo até 12 de setembro de 2022 – Empresário: Tiago Guadagno

FOTO: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara