No Nostalgia Tricolor desta semana vamos relembrar a última vitória do soberano sobre o SFC na Vila Belmiro, em 2009

Salve, Salve nação tricolor! Amanhã (15), vamos enfrentar o SFC, na Vila Belmiro. Será um difícil desafio para Rogério Ceni e seus comandados. Com isso, nada melhor do que relembrarmos a última vitória do São Paulo sobre os sardinhas na baixada santista.

Naquela ocasião, em 2009, o São Paulo mostrou um grande poder de reação, após ficar duas vezes atrás do placar, o tricolor conseguiu virar o jogo e, no fim, mesmo com um jogador a menos, segurar o ímpeto do alvinegro praiano e sair vitorioso do confronto.

RECORDAR É VIVER!

O JOGO

No dia 25 de outubro de 2009, o San-São começou com tudo.  Logo aos 9 minutos, Madson cobrou escanteio da direita, Rodrigo Souto subiu e desviou para André. O substituto de Kléber Pereira, que ficou fora do clássico para cumprir suspensão automática, marcou o seu segundo gol como profissional, o primeiro em um clássico.

O São Paulo só conseguia criar chances quando a bola chegava em Hernanes. E foi dos pés do profeta que saiu o gol de empate. Aos 12, em jogada individual, o volante sofreu falta de Astorga na entrada da área, pelo lado esquerdo. Ele mesmo executou a cobrança. A bola entrou no ângulo esquerdo de Felipe, que se esticou todo, mas não conseguiu evitar o gol adversário.

Rogério Ceni São Paulo no jogo contra Grêmio Prudente (Foto: AE)O gol não assustou o SFC. Pelo contrário, o time da Vila partiu novamente para cima e, mais uma vez, aproveitou-se de falha da zaga são-paulina. Em um lance bem parecido com o do primeiro gol, os sardinhas ampliaram, aos 26. Madson cobrou escanteio na direita, e Rodrigo Souto apareceu novamente na frente dos marcadores para desviar.

O SFC era melhor na partida, tinha mais posse de bola, mas acabou vendo o São Paulo deixar tudo igual novamente no marcador. Aos 38, Hernanes cobrou escanteio pela esquerda. A bola passou por todos os defensores adversários e sobrou para Washington, que, mesmo desequilibrado, acertou o chute. A bola ainda desviou em Felipe, antes de balançar a rede.

No segundo tempo, os dois times mantiveram o ritmo do primeiro. Disposição, velocidade e muitos gols. O que mudou em relação ao primeiro tempo foi que o São Paulo passou a pressionar mais, passando boa parte dos minutos iniciais dentro da área santista. E a virada foi inevitável. Aos 14, Jorge Wagner recebeu cruzamento da direita, se antecipou à marcação e empurrou para o gol.

Resultado de imagem para Rogério Ceni marca e São Paulo vence Santos na Vila Belmiro pelo campeonato braisleiro de 2009O gol sofrido acordou o time da casa, e as mudanças de Vanderlei Luxemburgo também ajudaram. Felipe Azevedo e Madson foram substituídos por Róbson e Jean, respectivamente. Aos 21, em boa triangulação, Triguinho desceu pela esquerda e cruzou no meio da área. Róbson, sozinho, subiu para cabecear e empatar a partida: 3 a 3. Mas não houve tempo para comemorar. Aos 22, Dagoberto sofreu falta, novamente de Astorga, na entrada da área. Rogério Ceni bateu e voltou a balançar as redes após um ano. A última vez havia sido no dia 19 de outubro de 2008, no empate em 2 a 2 com o SEP.

E ainda houve espaço para mais emoção no SanSão. Atrás no placar, o time alvinegro partiu com tudo para cima do São Paulo. Aos 33, Jean escapou livre pela direita e sofreu falta de Ceni quando iria driblá-lo e entrar cara a cara com o gol vazio. O goleiro era o último homem e acabou levando o cartão vermelho. Com um a menos em campo, o São Paulo foi bombardeado pelo Peixe, mas conseguiu segurar o resultado.

ISSO É SÃO PAULO!

MELHORES MOMENTOS

FICHA TÉCNICA

SFC 3 X 4 SÃO PAULO

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 25 de outubro de 2009, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Altemir Hausmann (Fifa-RS)
Renda: R$ 217.640,00
Público: 8.735 pagantes
Cartões amarelos: Germano, Adaílton (Santos), André Dias, Jean, Miranda (São Paulo)
Cartão vermelho: Rogério Ceni (São Paulo)

GOLS:
SFC: André, aos seis, Rodrigo Souto, aos 26 minutos do primeiro tempo; Robson, aos 21 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Hernanes, aos 12, Washington, aos 38 minutos do primeiro tempo; Jorge Wagner, aos 15, Rogério Ceni, aos 23 minutos do segundo tempo

SFC: Felipe; Pará, Astorga, Adaílton e Triguinho; Germano, Rodrigo Souto, Felipe Azevedo (Robson), Paulo Henrique Ganso e Madson (Jean); André
Técnico: Wanderley Luxemburgo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Adrián González (Zé Luis), Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Dagoberto (Borges) e Washington (Denis)
Técnico: Ricardo Gomes

Leave your vote

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.