in ,

Muricy rasga elogios a Rigonie e diz “é um jogador de potência”

Emiliano Rigoni. (Foto: Divulgação)

Muricy Ramalho, revelou a surpresa que teve com o atacante Emiliano Rigoni e sua facilidade em chutar com as duas pernas

Muricy elogiou muito o atacante Emiliano Rigoni pela característica peculiar de chutar com ambas as pernas. O dirigente Tricolor ainda comentou sobre a chegada do camisa 77 ao São Paulo, que foi facilitada pelos baixos números do jogador na Europa durante as últimas temporadas.

Contratado em maio, o argentino de 28 anos teve impacto imediato vestindo a camisa do São Paulo. Em 21 jogos já são nove gols marcados, além de outras cinco assistências, ganhando carinho e confiança da torcida.

Apesar dos bons números na chegada ao Tricolor, o atacante teve estatísticas discretas durante as últimas temporadas e justamente esse baixo desempenho facilitou a chegada dele ao Morumbi, como explica Muricy Ramalho:

“No futebol, às vezes temos todas estatísticas do jogador. Vou contratá-lo pelos bons números, mas com o Rigoni foi diferente. Ele não estava jogando no antigo time, não estava em grande fase. Como não estava em alta, facilitaram o negócio feito com ele. É claro, vimos qualidade, com a opinião do Crespo e comissão técnica. Os números, às vezes, não são tão importantes. Um jogador como ele foi uma grande contratação”, argumentou Muricy.

LEIA TAMBÉM:

Outro ponto que chamou atenção para o futebol de Rigoni é a sua facilidade em utilizar ambas as pernas. A característica intrigou até mesmo o multicampeão Muricy Ramalho, que revelou não ter certeza sobre qual é a perna dominante do argentino:

A gente via essa facilidade que ele tinha (de bater com as duas pernas). Há muitos anos eu não vejo um jogador dessa maneira. A gente não sabe se ele é destro ou canhoto. Ele bate escanteio dos dois lados, bate falta, chuta ao gol com as duas pernas”.

Entretanto, o coordenador são-paulino comentou que o sucesso de Rigoni não é mero acaso, e que o jogador argentino realiza trabalhos extras para desenvolver o próprio futebol:

“O que mais chama a atenção é que, para ele (Rigoni) desenvolver essa facilidade e esse fundamento, ele é muito profissional. Essa é a diferença, ele se cuida muito. Chega cedo no clube, cuida da parte muscular, porque é um jogador de potência e depende da força física. Faz muita diagonal, muita velocidade”, disse.

+ Todas as notícias sobre o São Paulo FC

Rigoni e o São Paulo entram em campo neste domingo (12), contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Na quarta, é a vez de decidir uma vaga na semifinal da Copa do Brasil, contra o Fortaleza, no Ceará.

Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara