in ,

Milton Cruz entra na justiça contra o São Paulo

Assistente técnico do tricolor por 17 anos, Milton Cruz, hoje no Náutico, vai processar o tricolor paulista por diversos motivos

Demitido pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, Milton Cruz pede muitas coisas, dentre elas: horas extras nos dias de semana e nos domingos em que trabalhou, equiparação salarial aos treinadores que substituiu quando atuou como técnico interino, cálculos de bichos e ganhos mensais pela CLT e não como direito de imagem.

Na época em que foi dispensado, Milton Cruz havia sido realocado ao departamento de análise de desempenho. Com isso, ele parou de viajar com o elenco e até de aparecer no gramado durante os treinos. Na época, Leco foi muito criticado pelo empresário Abílio Diniz, defensor de Milton Cruz. Hoje, Abilio é adversário político de Leco e apoia o candidato da oposição, José Eduardo Pimenta.

Quando Rogério Ceni assumiu o cargo de treinador, Milton Cruz deu uma entrevista na TV Gazeta afirmando que havia sido convidado pelo ex-goleiro para reassumir a função de auxiliar, mas que havia sido vetado pelos dirigentes, versão que não foi confirmada por Carlos Augusto de Barros e Silva em coletiva de imprensa, ao lado do M1to.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0