in ,

Luto no futebol: Avião do Palmas cai e deixe seis mortos

Acidente de avião com jogadores do palmas-TO (Foto: Reprodução Twitter)

Na manhã deste domingo (24), uma triste notícia veio à tona. Um avião que levava alguns atletas do Palmas-TO e o presidente do clube, caiu e fez cinco vítimas.

A aeronave tinha como destino Goiânia, onde o clube de Tocantins jogaria contra o Vila Nova, pela Copa Verde. 

Além de quatro jogadores, o mandatário e o piloto da aeronave morreram. O avião caiu após decolar de Porto Nacional. Ao atingir o solo em um matagal, a mesma pegou fogo após a queda. 

Em nota oficial, a CBF lamentou o ocorrido e anunciou o adiamento da partida.

Profundamente consternada, a CBF se solidariza com as famílias das vítimas do acidente de avião, que tirou a vida do presidente do Palmas Futebol e Regatas, Lucas Meira, dos jogadores do clube Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Marcus Molinari e Ranule, e do piloto, comandante Wagner, na manhã deste domingo (24). Nossos sentimentos também vão para todos os membros do clube e para a torcida do Palmas.

A CBF decretou que seja respeitado um minuto de silêncio nas partidas de hoje no futebol brasileiro. As bandeiras na sede da entidade foram hasteadas a meio mastro em sinal de luto.

A partida do Palmas diante do Vila Nova, válida pela Copa Verde, que seria realizada nesta segunda-feira (25) foi suspensa e será remarcada para data posterior.

Quem são as vítimas:

  • Ranule: goleiro, 27 anos;
  • Lucas Praxedes: lateral-esquerdo, 23 anos;
  • Guilherme Noé: zagueiro, 28 anos;
  • Marcus Molinari: meia, 23 anos;
  • Lucas Meira: presidente do Palmas, empresário de 32 anos;
  • Comandante Wagner: Piloto da aeronave.

O Palmas também publicou uma nota oficial. Veja aqui na íntegra:

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar.

O São Paulo Futebol Clube, assim como outros clubes, se solidarizou com às familias e amigos das vítimas, e com o Palmas.

Foto: Reprodução Twitter

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara