in ,

Flamengo mais uma vez vai chorar na CBF

Flamengo mais uma vez vai chorar na CBF - CBF

Presidente do clube carioca afirmou que conduta da CBF é distinta se comparada com os outros clubes da Campeonato Brasileiro

Em entrevista ao Globoesporte.com, o presidente do Flamengo revelou que o clube tem um dossiê justificando que a CBF tem um comportamento diferente em relação ao São Paulo perante os outros clubes do campeonato. 

No documento, eles afirmam dão três justificativas: diferença de critérios, falta de transparência e repetição da escolha de árbitros que desagradam o Rubro-Negro. A visita de representantes do São Paulo à CBF nesta terça para acesso à análise do VAR em gol do Fortaleza, foi a gota d´água parar o presidente:

Entendemos que o comportamento da CBF com o São Paulo é distinto dos outros clubes. Eu não vi o Gaciba hora nenhuma falar que houve um erro no campeonato, só uma vez e trocou a arbitragem do jogo do São Paulo contra o Grêmio. Não por acaso, o que aconteceu? Dois pênaltis claros não marcados e ninguém veio a público falar que houve erro”, falou. 

E completou: “O que estamos fazendo é baseado em fatos, em dados, uma análise suportada pela área técnica do clube. Podemos falar do que tem acontecido com o Flamengo e das coisas que têm acontecido com o São Paulo. A gente vê falta de critério, lances duvidosos com decisões distintas. Também incomoda a falta de transparência. Em alguns lances, as jogadas do VAR são mostradas e outras não. Ficamos sem saber se foi acionado. E outro aspecto que nos preocupa é a escolha insistente de árbitros para jogos do Flamengo após problemas.”

O documento desenvolvido pelo departamento de análise de desempenho do Flamengo aponta imagens de pênaltis não marcados a favor do clube em toques de mão e a favor de adversários em situações semelhantes e faz questionamentos diretos a dois árbitros: Wilton Pereira Sampaio e Leandro Vuaden. Há uma tabela onde o clube indica que os cartões distribuídos por ambos fogem da média em jogos do clube. 

“Não entendemos certos comportamentos e não há nem tempo para que a situação seja amenizada, parece que estão querendo deixar o clima do jogo (contra o São Paulo) ruim.”

Foto: CBF
Fonte: Cauhê Mota / Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu