in ,

Diniz fala sobre bronca após relaxamento da equipe no segundo tempo

Treinador de diz satisfeito com o desempenho da equipe e a vitória na tarde deste domingo, porém, ressaltou que o São Paulo cair tanto de rendimento assim em uma partida como foi hoje

Fernando Diniz se disse satisfeito pelo desempenho e pela vitória do São Paulo sobre a Ponte Preta, por 2 a 1, neste domingo, no Morumbi. Porém, enfatizou que não gostou do fato de o time ter relaxado no segundo tempo, quando caiu de rendimento e acabou levando o gol da Ponte Preta de forma bizarra. 

“Foi um relaxamento, a gente estava soberano no jogo. O natural tem que ser acelerar sempre que o jogo oferece algum tipo de facilidade, que foi quando tivemos um jogador a mais. Quando não fizer isso, vai se prejudicar. Teríamos que ter feito o terceiro, o quarto, e não tomar o gol que a gente tomou”, disse. 

E emendou: “A equipe está amadurecendo. Importante é que jogamos bem em partes do jogo, e que venceu. O aspecto negativo foi porque relaxamos. Os jogadores já sabem disso, já falamos disso, eles sabem que precisam melhorar nisso. E já aconteceu comigo aqui, temos que evitar isso. Apesar de isso ter acontecido, fizemos três pontos.

O treinador ainda comentou sobre Igor Gomes e Vitor Bueno, que saíram de campo mancando após choque durante o jogo. 

“Em relação aos dois: Igor não preocupa nada. Vitor teve entorse, mas vai para o jogo. Vamos ver como vai reagir, mas a princípio vai para o jogo.”

E por fim, comentou sobre o estilo de jogo do Tricolor, que já mostra um padrão a cada partida. 

“O time joga da maneira como acho que tem que jogar, que favorece o jogador para ele atuar e se destacar. O torcedor gosta. Se puder casar a forma de jogar e a chance de ganhar, é o ideal. Eu gosto de futebol deste jeito desde que iniciei minha carreira de técnico.” o jogo.

Foto: Reprodução TV
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu