Conselho diz que o São Paulo vive a “pior crise financeira da história”

Após reunião uma redução drástica de 50% dos salários de agora até o fim do ano foi pedida pelo Conselho de Administração do São Paulo para o departamento de futebol

A avaliação do órgão após o encontro é a de que o clube vive a sua “pior crise financeira da história”.

Por isto, a ordem foi clara: não se trata, por exemplo, de não pagar agora metade dos vencimentos de um funcionário x do departamento de futebol e depois fazê-lo.

É deixar de pagar de vez mesmo até o final de 2020. E trabalhar para esta redução ser permanente a partir de 2021.

O conselho entende que o São Paulo não tem mais capacidade de gastar algo em torno de R$ 15 milhões por mês com a folha salarial, valor já com os tributos pagos sobre os salários.