ATENÇÃO DIRETORIA! Ótimo meio campista ex-River Plate está sem clube

Após duas temporadas com a camisa “Millonaria”, Leonardo Pisculichi deixou o River e está livre para negociar com qualquer clube

Leonardo Nicolás Pisculichi, nasceu em Rafael Castillo, região metropolitana de Buenos Aires, Argentina, no dia 18 de enero de 1984.

piscu_806625611Piscu como é chamado, começou sua carreira em 2002 no Argentino Juniors, clube que revelou Diego Armando Maradona. Pelo clube de “La Paternal”, o meio campista que ficou até 2005, disputou 57 jogos e marcou 18 gols.

Em seguida se transferiu para o Mallorca-ESP, onde jogou entre 2006 e 2007. Sem conseguir ser titular, foi vendido por 3,2 milhões de dólares para o Al-Arabi do Qatar.

No país árabe, Pisculichi ficou até 2012 e teve uma ótima passagem. Lá ele foi tri-campeão da Copa do Sheik, em 2008, 2010 y 2011 e também foi eleito o melhor jogador do Qatar em 2009.

+ Veja aqui a movimentação do mercado da bola no TRICOLOR!

Em julho de 2012, Pisculichi foi negociado junto ao Shandong Luneng, mas ficou apenas um ano e meio, pois no final de 2013, ele teve seu passe negociado para voltar ao clube que o revelou, assim ajudou o Argentino Juniors a seguir na primeira divisão do campeonato argentino.

Após se destacar no torneio local, o River Plate acertou com Piscu no dia 8 de julho de 2014, um contrato por 1 ano e meio. No clube de Nuñes, o meio campista ficou de 2014 até setembro de 2016. Nestes dois anos, ele conquistou quatro títulos, sendo o mais importante, a Copa Libertadores de 2015.

O jogo mais importante dele no River, foi na semifinal da Copa Sul-Americana de 2014, onde com um gol seu, o “Banda Roja” derrotou o Boca Junios por 1 a 0, eliminando assim os Xeneizes da competição. ASSISTA O GOL:

A RESCISÃO DO CONTRATO:

Pisculichi tinha contrato com o River até 30 de junho de 2017, mas em um acordo entre o jogador e a diretoria Millonaria, fez com que o Piscu rescindisse seu contrato e com isso, o jogador está livre no mercado.

Podendo de jogar de meio campista ou volante, o jogador opinou sobre sua saída do clube de Buenos Aires.

“Acredito que foi uma decisão que eu teria de ter tomando antes. Entendo que se eu não fui relacionado para três ou quatro jogos, eu teria que entender que não estava mais integrado ao elenco. Eu quis lutar um puco mais pelo meus espaço no River, mas depois da pré-temporada, eu cheguei a conclusão que era melhor para ambos eu deixar o clube”, lamentou o jogador em entrevista à rádio Closs Continental.

FICHA TÉCNICA:

Nome completoLeonardo Nicolás Pisculichi
Apelido(s)Piscu, Golosina
NascimentoRafael Castillo, Argentina
18 de enero de 1984 (32 años)
NacionalidadBandera de Argentina Argentino
Altura 1,75 m
Peso 74 kg
Posição Meiocampista

Ainda em entrevista à rádio argentina, Pisculichi disse que não se sentia comodo recebendo para não jogar e entendeu a decisão do seu ex-treinador.

“Se em um determinado momento eu tive a oportunidade de jogar, é porque o Marcelo (Marcelo Gallardo – treinador do River) me via em condições e eu deu meu máximo para superar suas expectativas. mas quando saí, eu entendi, porque tinha jogadores em melhores condições que eu no time. Entende e respeito o treinador”. disse o jogador que seguiu.

NÃO ME SENTIA CÔMODO RECEBENDO SALÁRIO SEM JOGAR

“Sou um cara de princípios e sempre tomei as decisões que me ensinaram em casa. Eu não me sentia cômodo recebendo salário em um clube tão grande, sendo que eu não estava jogando. Além disso, eu tinha vontade de estar em campo e isso não estava acontecendo”, acrescentou o jogador.

De todas as formas, o ex-Argentinos guarda uma grande recordação de sua passagem por Núñez: “Não fui triste, pelo contrário. Eu fui da melhor maneira. Tive um grande carinho dos torcedores, e isso eu vou levar comigo pra sempre, foi algo incrível e isso me deixa feliz”, finalizou.

Em toda sua carreira, Leonardo Pisculichi disputou 256 jogos, marcou 94 gols e deu 53 assistências.

TÍTULOS:
titulosAssista aqui gols, assistências e belas jogadas de Pisculichi:

FOTO: www.lapaginamillonaria.com.ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *