Alisson virou pilar de três técnicos e se tornou quem mais joga no São Paulo

Titular perdeu só dois jogos na temporada e superou tempo em campo do goleiro Rafael

No clássico contra o Corinthians, domingo, Alisson ficou em campo do começo ao fim e superou o goleiro Rafael, que está com a seleção brasileira, como o são-paulino com mais tempo de jogo na temporada. Nesta quarta-feira, estará em campo mais uma vez, contra o Cuiabá, no Morumbis, às 20h, pela 10ª rodada do Brasileirão.

Não é comum um volante, que enfrenta maior concorrência no elenco e está mais propenso a tomar cartões, por exemplo, jogue mais do que o goleiro titular – ainda mais um que se tornou incontestável na equipe.

A convocação de Rafael para a Copa América ajudou, mas Alisson tem méritos que superam em muito a “sorte” de ver o companheiro no time de Dorival Júnior.

Alisson completou 29 partidas na temporada, 27 delas como titular, 20 em que nem substituído foi – e somou 2.544 minutos em campo. Rafael, com 25 jogos, tem 2.517 minutos.

Contratado como meia-atacante no fim de 2021, sob desconfiança da torcida, teve uma primeira temporada de pouco destaque: atuou em 38 das 77 partidas da equipe em 2022, com três gols.

O jogador ganhou um novo status no meio do ano passado. Sem Pablo Maia, Dorival Júnior improvisou Alisson como volante num clássico contra o Palmeiras. Deu certo.

– O Alisson vem se especializando nessa função, e eu espero que ele se dedique ainda mais e se entregue ainda mais. Ele tem capacidade, qualidade e condições para poder desenvolver essa condição – disse, na época, o agora técnico da Seleção.

No meio-campo, o volante se tornou um pilar da equipe e terminou a temporada passada com 56 partidas. Essa presença se tornou ainda mais frequente – quase obrigatória – neste ano.

Alisson só ficou fora de duas partidas: suspenso, não enfrentou a Ponte Preta no Paulista, e, na Copa do Brasil, foi poupado no jogo de ida contra o Águia de Marabá.

Luís Zubeldía, que substituiu Thiago Carpini como técnico em abril, se impressionou com o volante logo em seu segundo jogo no São Paulo:

– O nível de Alisson é muito alto, e que bom que é assim, porque as boas equipes têm que ter bons volantes – afirmou o argentino depois do clássico contra o Palmeiras, no Brasileiro.

Conhecido de Dorival, Alisson esteve na pré-lista de convocados para a Copa América, mas não entrou na relação final de 26 atletas. Ainda assim, ele celebra:

– É um momento bastante legal da carreira, desde o ano passado com essa sequência. Venho aprendendo muito com o Zubeldía, com a comissão. Espero continuar evoluindo ainda mais – afirmou após enfrentar o Corinthians, domingo.

Em outubro, após o São Paulo conquistar a Copa do Brasil, Alisson ampliou seu contrato com o São Paulo até o final de 2026.


Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net 
Fonte: Globo Esporte

Não perca nada sobre nosso São Paulo FC!
Siga o SPFC Notícias em nossas redes sociais: Instagram Twitter(X) Facebook | Threads | Whatsapp

Leave your vote

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.