in

Elenco não tem a intenção de derrubar Muricy

Paulo Henrique Ganso garantiu a informação em coletiva após o treinamento de hoje

Figura principal no que se refere a responsabilidade da criação de jogadas para municiar o ataque são-paulino, o meia Paulo Henrique Ganso concedeu entrevista coletiva no CCT logo após as atividades de hoje terem sido finalizadas pelo técnico Muricy Ramalho.

Após mais uma vez o assunto de uma possível queda de Muricy Ramalho por “corpo mole” dos atletas vir a tona, o camisa 10 tricolor foi claro no sentido de que os jogadores simplesmente não tem esse poder ou intenção. Porém, Ganso deixou no ar sobre algo além do alcance do elenco:

“Partir dos jogadores, isso é praticamente impossível. A gente está liderando nossa chave do Paulista. Tem um jogo importante amanhã. Derrubar treinador, principalmente o Muricy, é impossível. Isso da parte dos jogadores. Não sei de fora.”

+ Retornos importantes para fortalecer o elenco tricolor

Outro ponto abordado na coletiva foi a declaração feita por ele mesmo em 2014, onde afirmou que se considerava um jogador “acima da média”. Mesmo sem passar por um bom momento, ele garante que continua convicto, porém avisa que não é o único que deve jogar bem para que a equipe consiga os resultados:

“Não, não mudei de opinião. Sei da responsabilidade que tenho dentro de campo. Não jogo sozinho. Não tenho que carregar o time, mas tenho que ajudar o São Paulo e fazer minha parte.”

O que achou?