Walce fala sobre a postura de Diniz com o elenco Tricolor

Em entrevista, o zagueiro do Tricolor falou sobre a relação do treinador Fernando Diniz com os jogadores do elenco

Walce foi só elogios ao técnico Fernando Diniz. Embora tenha tido pouco contato com o treinador, o zagueiro revelado em Cotia se impressionou com a postura do comandante, que, segundo ele, vai muito além das questões técnicas e táticas.

“Minha relação com o Diniz é sempre de parceria, assim como ele é com todos. Ele está ali não só como treinador, mas como amigo, irmão. Dentro do futebol não podemos cegar os olhos e fazer como se fosse um quartel, porque as coisas não fluem desse jeito. Tem que ter companheirismo, cumplicidade”, afirmou Walce em entrevista à Gazeta Esportiva.

Se recuperando da cirurgia para reparar a ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em Indaiatuba, Walce conta com o auxílio do seu irmão, estudante de fisioterapia e dos profissionais do São Paulo, com quem vem mantendo contato regularmente por chamadas de vídeo e mensagens.

Antes de se afastar obrigatoriamente da rotina no Reffis por causa da pandemia do novo coronavírus, o promissor zagueiro contava com o suporte do técnico Fernando Diniz, que fazia questão de visita-lo na sala de fisioterapia para se certificar do quadro do atleta.

“Ele é um treinador que quando chegou eu estava ativo, indo para os jogos. Ele sempre me olhou com bons olhos, disse que a qualquer momento poderia ter oportunidades, me fez evoluir em várias questões táticas e técnicas. Agora com essa paralisação toda por conta da minha lesão sempre era um dos primeiros a chegar na fisio, me cumprimentava, queria saber como eu estava. É um profissional muito responsável, nossa relação é a melhor possível”, falou. 

Foto: UOL
Fonte: Gazeta Esportiva