in ,

Vitória sobre o Goiás consolida base titular do São Paulo

São Paulo terá maratona de jogos em fevereiro- Foto: Miguel Schincariol / saopaulofc.net

São Paulo vence de maneira consistente do inicio ao fim e consolida time base para a luta pelo título

Sem sofrer (muito pelo contrário) do primeiro ao último minuto, assim foi a importante vitória do São Paulo sobre o Goiás nesta quinta-feira (03). O time comandado por Fernando Diniz dominou o adversário os 90 minutos e com extrema facilidade, óbvio que o fato do Goiás não ser parâmetro é um ponto a ser levantado, mas a importância desse jogo não pode ser deixado de lado.

O tricolor soube os momentos certos de acelerar o jogo e os de cadenciar, além de conseguir resolver o jogo quando teve as oportunidades, sinais claros de maturidade. Maturidade essa que outrora não se via no São Paulo.

Um dos pontos que faz com que esse atributo seja destacado é a manutenção de uma base estrutural titular, que se firma a cada jogo: Volpi; Juanfran, Arboleda (Diego Costa), Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Luciano e Brenner. Diniz, após erros e acertos encontra nesse 4-4-2 a “melhor versão” da equipe. A manutenção dessa base ajuda os jogadores em diversos quesitos, como o entrosamento.

O equilíbrio entre defesa e ataque que por muito tempo atormentou Diniz, parece ter sido encontrado após a entrada de algumas peças como Juanfran, a volta da dupla de zaga Arboleda e Bruno Alves e principalmente a entrada do jovem volante Luan. Vale ressaltar que a mescla em experiência e juventude tem acontecido de forma singular, e acrescentando muito para que essa maturidade fosse adquirida.

Fato é que hoje o São Paulo se mostra uma equipe muito mais preparada para competir em alto nível, parece ter aprendido com os próprios erros, de certa maneira os vexames para Mirassol, Binacional e Lanús serviram para fortalecer o grupo, e não se pode deixar de lado a contratação de Rogério Ceni junto ao Flamengo, que mesmo indiretamente, reacendeu algo que estava apagado em determinados momentos: a vontade de vencer.

Com as vitórias, o apoio do torcedor se torna incondicional, resultando em uma confiança maior tanto do corpo técnico, quanto dos jogadores dentro de campo. Esse time titular mais alinhado pode fazer o torcedor são-paulino voltar a comemorar a conquista de um título importante.

Torçamos para que assim seja, e como sempre, vamos São Paulo!

O que achou?

Escrito por Lucas Kamilo