in ,

Viagem de Raí e Pássaro tinha o objetivo de arrecadar R$ 84 milhões para acertar o caixa deste ano

Nos últimos dias, o diretor executivo e o gerente de futebol estavam em viagem pela Europa para conversar com diversos clubes em busca de acertar o caixa

Os últimos dias do executivo de futebol do São Paulo, Raí, e do gerente executivo de futebol tricolor, Alexandre Pássaro, foram recheados de reuniões. Em viagem pela Europa, a dupla conversou com diversos clubes, principalmente da Inglaterra.

A ideia era fazer a aproximação de dirigentes e empresários para consequentemente tentar ajudar o clube a melhorar a sua saúde financeira. Segundo o UOL Esporte, o objetivo é arrecadar R$ 84 milhões para acertar o caixa deste ano.

Além de contar com ativos dentro do seu elenco, o Tricolor tem direito a receber pela transferência de alguns jogadores que deixaram o Morumbi e estão no exterior. No caso de Militão, que trocou o Porto pelo Real Madrid, o clube vai receber R$ 25 milhões (10% pelos direitos econômicos e 2,8% pelo mecanismo de solidariedade da Fifa)

Quem também pode aliviar o caixa é David Neres, do Ajax. O São Paulo tem direito a receber 23% de uma futura transferência do jogador, que está avaliado acima dos 50 milhões de euros (R$ 210 milhões). A tendência agora, no entanto, é de ele renovar o seu vínculo com os holandeses. 

O São Paulo se mostrou disposto a negociar Arboleda. Porém as conversas ainda não avançaram da maneira esperada. Os europeus demonstraram interesse na contratação de Antony. O Tricolor, porém, descartou qualquer possibilidade de negociar o jovem neste momento. Raí e Pássaro deixaram claro que não estão dispostos a vender os garotos revelados pelas categorias de base.

Os dois já estão de volta ao Brasil para acompanhar Fluminense x São Paulo. 

Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net
Fonte: UOL Esporte

O que achou?

Escrito por Natália Milreu