Venda de Antony para Ajax pode envolver David Neres

São Paulo e Ajax negociam sobre a venda de Antony. A janela de transferências dos principais países europeus fecha nesta sexta-feira

O Tricolor negocia com o Ajax a venda de Antony. Na composição de um eventual acordo, os clubes discutem incluir os 20% de uma revenda futura a que o São Paulo tem direito por David Neres. O Tricolor acertou esse percentual quando vendeu o atacante também revelado em Cotia, em 2017, e poderia antecipar os valores.

O São Paulo contava com uma venda de David Neres no ano passado. Mas o Ajax renovou com o atacante, e o Tricolor ficou sem receber o percentual da negociação.

Vale lembrar que o São Paulo também tem direito a 3,5% de futuras transferências internacionais de David Neres, por meio do mecanismo de solidariedade da Fifa, por ser o clube formador do atleta. Pelo mesmo motivo, o clube é dono de percentual parecido em relação a Antony.

CINCO FATORES QUE PODEM INFLUENCIAR NO VALOR DA VENDA DE ANTONY

Valor pago por Antony envolvendo David Neres 

Quanto o Ajax pagaria pelos 20% de revenda futura de David Neres a que o São Paulo tem direito. Para se ter um parâmetro, o Ajax recusou cerca de 40 milhões de euros (aproximadamente R$ 186 milhões) por David Neres em 2019. Em cima desse valor: se descontada uma comissão de 10% para agentes (valor praticado no mercado), os 20% de revenda futura de David Neres valeriam cerca de 7 milhões de euros (R$ 32,6 milhões). Ou seja, se vender esse direito agora, o São Paulo negociaria por um montante menor, pois deixaria de assumir o risco de ganhar ou não o dinheiro em uma venda futura para garantir a grana imediatamente. A decisão de incluir ou não isso na operação dependeria do valor da proposta (não revelado) pela compra de Antony. Se julgar que a oferta dos holandeses é boa o suficiente sem esse percentual envolvido, como por exemplo em uma hipotética oferta de 30 milhões de euros (R$ 140 milhões), o Tricolor preferiria não incluir o percentual de revenda de David Neres;

Bônus

Um bônus de 1 milhão de euros (R$ 4,6 milhões) a que o São Paulo tem direito por David Neres quando o atacante cumprir uma determinada meta contratual. Isso também poderia ser incluído nesse pacote;

Saída do atacante agora ou só no meio do ano

Se Antony será vendido e sairá agora ou apenas no meio do ano. O São Paulo quer segurar o atacante até junho, mas se houver aumento nos valores oferecidos, poderá abrir mão dessa condição;

Porcentagem

Quanto o São Paulo teria de porcentagem numa cláusula de venda futura por Antony ou na manutenção de uma parte dos direitos econômicos – hoje o Tricolor é dono de 85% dos direitos, pois acertou na renovação que cederia uma fatia ao jogador a partir de 2020;

Tempo da janela de transferências

O tempo restante para o fim da janela de transferências. O Ajax observa Antony desde 2019 e tem a chance de amarrar um negócio pelo atacante agora, mesmo que só tenha o jogador no futuro (uma alternativa, por exemplo, seria acertar uma prioridade de compra). Por outro lado, o Borussia Dortmund, da Alemanha, outro interessado em Antony, teria nele a reposição imediata para caso venda o também atacante inglês Jadon Sancho.

Foto: Rubens Chiri /saopaulofc.net
Fonte: Globoesporte.com