Veja quanto o São Paulo terá que desembolsar para ficar com Galeano em definitivo

No início da temporada passada, Tricolor oficializou o empréstimo de Galeano, que tinha o término em 2019; o clube estendeu o vínculo por mais uma temporada por 100 mil dólares

O atacante Galeano nasceu em Assunção, no Paraguai, Galeano e chamou a atenção do São Paulo no final de 2018, quando atuava pelo clube paraguaio Rubio Ñu. No início de 2019, o Tricolor oficializou o empréstimo após a Copinha, conquistada justamente pelo Tricolor.

Inicialmente, o empréstimo de Galeno com o São Paulo era até o final do ano passado. As boas atuações na temporada, porém, fizeram o clube paulista estender o vínculo por mais uma temporada por 100 mil dólares (cerca de R$ 400 mil).

Caso o São Paulo queira permanecer com o atacante em definitivo, precisará desembolsar até o dia 31 de dezembro mais 600 mil dólares (cerca de R$ 2,5 milhões) por 60% dos direitos econômicos do jogador. Este será o último ano do atacante nas categorias de base.

Diniz ainda não sinalizou se quer que Galeano suba aos profissionais. A possibilidade é que o paraguaio ganhe algumas oportunidades de treinar com o elenco principal, prática comum com os demais atletas da base do Tricolor.

No atual plantel, Diniz conta para o ataque com Pablo, Alexandre Pato, Helinho, Brenner, Danilo Gomes, Fabinho, Antony, Everton, Vitor Bueno e Toró.

Foto: Rubens Chiri
Fonte: Globoesporte.com