Tricolor fica com o vice na Al Kass Cup

Nas disputa de pênaltis, tricolor acaba desperdiçando duas cobranças

Em uma partida eletrizante, válida pela grande final da Al Kass Cup, o Soberano acabou derrotado pelo Paris Saint-Germain nas cobranças de pênaltis e teve que amargar o vice-campeonato. Essa é a terceira vez que os franceses chegam a decisão e, também pela terceira vez, decidem seu futuro nas penalidades máximas.

Nos primeiros 45 minutos, o time francês teve mais posse de bola, controle territorial e também lances de perigo. Logo no primeiro minuto, o lateral-direito Mateus Viveiros teve que salvar uma bola quase em cima da linha após finalização de Edouard. E, apesar dos momentos difíceis vividos contra os parisienses, foi a equipe tricolor quem abriu o marcador.

Aos 25, o camisa 6 Caíque conseguiu um belo cruzamento vindo da ponta esquerda, fazendo com que a bola encontrasse na segunda trave Pedro Oliveira. O meia aproveitou a chance e testou de peixinho no canto direito do arqueiro adversário.

+ Pato querendo jogo !

A segunda etapa mostrou um São Paulo mais atento e tomando as rédeas, porém apenas nos 10 primeiros minutos. Após esse período, o PSG voltou a comandar o confronto e, com 32 minutos, a blitz deu resultado.

Em lance polêmico, o árbitro viu um toque do zagueiro Igor Neves em Edouard dentro da área, assinalando pênalti. Na cobrança, o próprio camisa 9 francês marcou e deixou tudo igual. O time brasileiro ainda tentou ficar a frente do placar no tempo normal, mas a final da Al Kass Cup foi para a nervosa disputa de penalidades máximas.

Apesar do bom desempenho de Lucas Gomes, passando bem perto de pegar ao menos em três oportunidades, foi a estrela de Sebastian Sigoir que brilhou. Defendendo as cobranças de Paulo Henrique e Caíque, o arqueiro do time europeu decretou o 4 x 3 favorável aos parisienses e a conquista da competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *