in ,

STJD mais uma vez favorece o rival

Diego Costa discute com Jô. Foto: saopaulofc

Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu Jô com apenas dois jogos após dar um soco em Diego Costa, zagueiro do Tricolor, no Majestoso

O atacante Jô deu um soco em Diego Costa do São Paulo no Majestoso do último dia 30 de agosto, porém para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o soco foi um mero “ato hostil”, e o atacante só pegou dois jogos de punição. 

O corintiano foi inicialmente denunciado por “praticar agressão física”, prevista no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. A punição variava de quatro a 12 jogos. Um vídeo do lance foi analisado pelos cinco auditores.

Durante o julgamento, que contou com a presença online de Jô, o ato foi desclassificado para o artigo 250 (praticar ato desleal ou hostil durante a partida), que prevê pena de uma a três partidas. Dois auditores votaram na pena de dois jogos.

O atacante prestou o seu depoimento e definiu o gesto como um “empurrão”.

A confusão foi no clássico disputado em 30 de agosto, no Morumbi. Em campo, o jogador não foi punido, apesar de o lance ter sido revisado pelo VAR. Segundo Leonardo Gaciba, chefe de arbitragem da CBF, a cabine analisou o momento errado do vídeo – quando Jô e Diego ficam cara a cara.

Fonte: Reprodução 
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu