in ,

SPFC pegou grande quantia emprestado de instituições financeiras

A bola de neve dos problemas financeiros continua, e o São Paulo pega mais de R$ 37 milhões emprestados de instituições financeiras

Segundo o Blog do Perrone, do UOL Esporte, o São Paulo pegou mais de R$ 37 milhões emprestados de instituições financeiras, e como garantia de pagamento dos empréstimos foram dadas receitas previstas em contratos com a Globo, patrocinadores e até mensalidades pagas pelos sócios. 

Todas as transações foram aprovadas pelo Conselho de Administração do São Paulo. O diretor executivo financeiro do clube, Elias Barquete Albarello, citou os problemas que o clube teve para precisar pegar os empréstimos. 

“Essa situação acontece por causa de alguns fatores.  A mudança na forma de pagamento da Globo, que já era prevista, alguns clubes que tinham que nos pagar não pagaram na data certa, e, evidentemente, as contratações. Tivemos um nível muito maior de contratações do que a gente estava pensando no começo do ano”, falou. 

O diretor também colocou as eliminações como um fator para precisar receber empréstimos. 

“Pode colocar essas eliminações precoces na conta. Isso vai ser sentido também no segundo semestre”, disse o diretor.  Para efeitos financeiros, a direção contava com a chegada às quartas de final das duas competições.”, disse,

Albarello explicou que pelo novo modelo a Globo deixa para fazer no segundo semestre um maior volume de pagamentos impactando nas contas da primeira metade do ano, que ainda não foram fechadas. Essa valor é cerca de R$ 26 milhões. 

VEJA ABAIXO OS EMPRÉSTIMOS RECEBIDOS

No BMG foram levantados R$ 10 milhões com os recebíveis dos contratos com a Globo como garantia. 

R$ 10 milhões com o Banco Tricury. Nesse caso, receitas geradas pela participação no Campeonato Paulista permitiram a operação. 

Duas operações de R$ 3 milhões e R$ 1 milhão foram realizadas no Banco Safra. A receita obtida com contratos de cartões de crédito garantiram esses empréstimos.

Também foi efetuada uma antecipação de quantias referentes ao patrocínio do Banco Inter, além de outras operações que elevam o total de empréstimos. 

Foto: Divulgação
Fonte: UOL Esporte

O que achou?

Escrito por Natália Milreu