Shamell: “As vezes parece que esquecemos como se joga basquete”

Após a derrota para o Minas, no Super 8 do NBB, Shamell falou sobre como a equipe vem sofrendo com a falta de experiência e erros mentais nas competições

No último sábado (4), o Tricolor enfrentou a equipe do Minas Tênis Clube e voltou a ser derrotado dentro de casa, agora pelo Super 8. A competição reune as oito melhores equipes do primeiro turno do NBB em disputas de mata-mata. Após o jogo, o capitão são-paulino, Shamell Jermaine Stallworth deu entrevista ao portal torcedores.com .

Com 39 anos, o jogador falou sobre a partida e como a falta de experiência afetou alguns jogadores. Ele ainda analisou como o time deve aproveitar as chances mais fáceis e como o time precisa agir para conseguir vencer o Novo Basquete Brasil (NBB).

“A gente até pode começar alguns jogos mal, isso acontece. No segundo quarto conseguimos baixar a vantagem deles para seis pontos, mas começamos a pecar nas nossas leituras”, disse o camisa 8 do Tricolor.

O São Paulo mais uma vez perdeu um jogo atuando mal dentro de casa. Essa situação já chamou atenção do capitão da equipe que ressaltou como isso o frustrava: “Parece que a gente esquece como se joga basquete em alguns momentos”, lamentou Shamell.

LEIA MAIS

+ Jefferson:”A gente pode ser líder do NBB”
+ Outro Tricolor está interessado em Hudson

O ala Tricolor também ressaltou a participação dos outros atletas experientes da equipe para buscarem escolher as melhores situações durante a partida

“Eu, Jefferson e os mais velhos tentamos passar para os mais novos que eles precisam jogar mais com a cabeça. Quando você passa por tantas situações, ganhando e perdendo, você cria uma experiência para passar para os outros jogadores. Acho que estamos na fase de aprender mais”, falou o capitão que ressaltou.

“Desperdiçamos muitas bolas que o time não pode perder. Quando o Minas tomou a frente, eles usaram a experiência a seu favor. Caras como o Alex e os demais jogadores, conseguiram amarrar bem o jogo e jogar um basquete inteligente”, reconheceu Shamell.

Com experiência o jogador falou que essas derrotas servem para o time aprender a parar mais as partidas.

“Se a gente começar a perder por 10 pontos, precisamos colocar a cabeça no lugar para amarrar um pouco o adversário. Reforçar mais na marcação e começar a derrubar as bolas fáceis”, falou o camisa 8.

Foto: Igor Amorim/São Paulo FC
Fonte: torcedores.com