in ,

Secretário-geral da CBF garante manutenção do formato do Brasileirão

Assim como o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, também bancou o Brasileirão com as tradicionais 38 rodadas

Walter Feldman, secretário-geral da CBF, já garantiu que a tendência é pela manutenção do formato das Séries A e B do Brasileirão, mesmo com a paralisação do futebol por conta da pandemia de coronavírus.

Já neste sábado (28), foi a vez de Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, ” bancar” os torneios com as tradicionais 38 rodadas.

Tal declaração foi baseada no que o dirigente alvinegro ouviu na reunião realizada na última sexta (27), que contou com representantes de 30 clubes das Séries A e B, além de Manoel Flores, diretor de competições da entidade.

“Tudo indica, nessa conversa que tivemos na sexta-feira, com a presença do Manoel Flores, que o Campeonato Brasileiro vai acontecer esse ano até o finalzinho de dezembro, mas ele vai acontecer com as 38 datas”, disse. 

Um dos líderes da Comissão Nacional dos Clubes, Sette Câmara ainda falou sobre a sua expectativa sobre as finanças dos clubes, mostrando uma visão otimista. 

“Eu entendo que as receitas voltarão à normalidade no segundo semestre, e nós vamos conseguir recuperar aquilo que nós perdemos”, finalizou. 

Foto: Rafael/CBF
Fonte: Onefootball

O que achou?

Escrito por Natália Milreu