in ,

São Paulo tem pedido negado pela justiça por fim de meia-entrada e indenização da União

Publico no Morumbi.. (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Clube pedia o fim da obrigatoriedade de vender ingressos a meia-entrada e uma indenização da União

Nesta semana, o São Paulo teve o pedido negado pela Justiça Federal após pedir o fim da obrigatoriedade de vender ingressos a meia-entrada e uma indenização da União.  A sentença foi dada pela juíza Regilena Emy Fukui Bolognesi, da 11ª Vara Cível Federal de São Paulo.  

LEIA MAIS
São Paulo é o time com mais ‘gringos’ na Série A do Brasileirão
Confira data, hora e onde assistir o próximo jogo do Tricolor

O pedido foi feito em 2019, onde o clube argumentava que “o modelo de intervenção é indevido, e não encontra guarida no ordenamento jurídico, porquanto – entre outras razões – a intervenção estatal, para ser válida, pressupõe uma contraprestação ou estímulo/incentivo do Poder Público em favor do particular cuja atividade é submetida à intervenção”.

A juíza , que citou a constitucionalidade da lei que garante meia-entrada para dar a decisão, ainda alegou que o São Paulo apresentou provas de que não majorou o preço dos demais ingressos para compensar as perdas causadas pela meia-entrada. A decisão sinaliza ainda que “a pretensão de ressarcimento dos valores, sem comprovação de que não houve o repasse, acarreta tentativa de enriquecimento ilícito pela parte autora”. 

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu