in ,

São Paulo recorre à Justiça por dívida, e perde

A Justiça de São Paulo negou recurso do São Paulo para suspender três parcelas de um acordo de R$ 25 milhões do clube com a Central de Engenharia de Tráfego (CET)

O acerto entre o clube e a empresa foi feito em outubro de 2019, quando o São Paulo confessou a dívida e prometeu o pagamento em 180 parcelas, que foram cumpridas até abril deste ano, porém, com a chegada da pandemia do novo coronavírus, a diretoria são-paulina tentou negociar com a CET.

Diante da negativa, acionou a Justiça, mas, até o momento, não teve sucesso. Com o acordo ainda válido, o São Paulo terá de pagar as parcelas em atraso ou estará oficialmente em descumprimento.

O descumprimento permite que a CET execute imediatamente a totalidade do valor da dívida, com multa de 10%.

Fonte: UOL
Foto: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara