São Paulo pode ter time de basquete na Liga Ouro

Grandes chances de o Tricolor disputar um torneio oficial de basquete em 2019

Em ligação João Fernando Rossi, presidente da LNB (Liga Nacional de Basquete) e Leco, o presidente tricolor disse que gostaria que o São Paulo tivesse um time participando do NBB. Uma reunião será feita para viabilizar a possibilidade formalmente.

O diretor executivo do São Paulo, Rodrigo Gaspar comentou o interesse de Rossi.

”Eles demonstraram interesse no São Paulo e nós também ficamos impressionados e interessados. Estamos estudando”, diz Rodrigo Gaspar,

Um dos argumentos de Rossi foi que, no mundo todo, os grandes clubes de futebol têm grandes equipes de basquete também. Citou Barcelona e Real Madrid, na Argebtina, Boca e San Lorenzo são fortes e lembrou que Vasco, Botafogo e Flamengo estão no NBB. O Corinthians está disputando a Liga Ouro, a segunda divisão, e tem muitas possibilidades de chegar na elite no próximo ano.

A LNB é responsável por três campeonatos: o NBB, a Liga Ouro e a Liga de Desenvolvimento, um campeonato para jogadores até 23 anos. Tem ainda um quarto ”produto”, que é o Jogo das Estrelas, realizado nos últimos anos no Ibirapuera.

Se aceitar o convite (o que deve ocorrer), o São Paulo disputaria a Liga Ouro. ”O NBB é um campeonato com acesso e descenso e não podemos aceitar que alguém vá diretamente para o campeonato principal”, diz Rossi. A Liga Ouro é o caminho natural e foi seguido por todos os times ”futebolísticos”. O Palmeiras, que já esteve no NBB, disputará a Liga de Desenvolvimento em 2019.

O investimento médio de um clube que sonha com o acesso é em torno de R$ 120 mil mensais. O atacante Thomaz, que o São Paulo cedeu ao Paysandu, recebia R$ 80 mil por mês. ”Nosso interesse é ter um time do São Paulo e não parcerias com prefeituras do interior”, diz Rodrigo Gaspar.

FOTOSPFC Basquetebol – São Paulo Futebol Clube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *