29/01/2023

São Paulo iguala campanha da Libertadores de 2005

Com pontuação igual do ano da última conquista, tricolor supera campanha dos últimos 10 anos e ai na busca pelo tetra

O São Paulo viveu um momento muito delicado nesta Libertadores, mas venceu Danúbio e Corinthians e se classificou às oitava de final com 12 pontos. No primeiro jogo das oitavas de final, contra o Cruzeiro, venceu por 1×0 e fez a melhor campanha os últimos 10 anos.

A campanha do São Paulo até agora é semelhante à de 2005, ano em que o clube foi campeão pela última vez. Será que isso quer dizer algo?

Em 2005, o São Paulo jogou a fase de grupos com Universidad de Chile (CHI), Quilmes (ARG) e The Strongest (BOL), e terminou na primeira posição, com 12 pontos – três vitórias e três empates. Neste ano, em 2015, apesar de ter vivido momento de descrença, o São Paulo enfrentou Corinthians, San Lorenzo (ARG) e Danubio (URU) e terminou também com 12 pontos, frutos igualmente de quatro vitórias e duas derrotas. Desta vez, porém, o clube do Morumbi se classificou em segundo lugar porque o rival marcou 13 pontos.

+ NOSTALGIA TRICOLOR – Relembre o título da Sul-Americana de 2012

+ Aidar garante Ceni como dirigente

Na atual temporada, o São Paulo ficou na 9ª posição geral. Em 2005, há dez anos, foi 5º colocado geral. E se agora o clube venceu a primeira partida das oitavas de final, no Morumbi, contra o Cruzeiro, por 1 a 0, o mesmo aconteceu em 2005, contra o Palmeiras, no Palestra Itália, também por 1 a 0.

Nas seis edições em que o São Paulo participou da Libertadores entre 2005 e 2015, o rendimento até o primeiro jogo das oitavas de final foi pior que o atual. Em 2006 o clube também marcou 12 pontos da fase de grupos e novamente enfrentou o Palmeiras nas oitavas de final, mas empatou na primeira partida. Seria vice-campeão, derrotado pelo Internacional na final. Em 2007, fez 11 pontos na fase de grupos e caiu para o Grêmio nas oitavas. Na Libertadores de 2008, novamente fez 11 pontos, superou o Nacional (URU) nas oitavas e foi eliminado pelo Fluminense nas quartas de final.

Em 2009, o São Paulo foi até melhor na fase de grupos, marcou 13 pontos e se classificou como 4º colocado geral, mas não jogou as oitavas de final. Sorteado contra o Chivas Guadalajara (MEX), o time ainda treinado por Muricy Ramalho avançou direto às quartas de final porque a pandemia de gripe que afetava o México fez a Conmebol decidir fazer as oitavas envolvendo mexicanos em jogo único, longe do país. Os clubes mexicanos não aceitaram e desistiram do torneio. Nas quartas, o São Paulo foi eliminado pelo Cruzeiro com derrotas nos dois jogos.

No ano seguinte, em 2010, sob o comando de Ricardo Gomes, o São Paulo marcou 13 pontos na fase de grupos, mas empatou no primeiro jogo das oitavas, contra o Universitário (PER) – campanha inferior à atual, com 12 pontos na fase de grupos e uma vitória no primeiro jogo do confronto contra o Cruzeiro. Em 2013, último ano em que o time participou do torneio, por pouco não igualou feito de 1987 e foi eliminado ainda na fase de grupos. Avançou com apenas 7 pontos, a pior campanha entre os classificados, e foi eliminado pelo Atlético-MG.

Leave your vote

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.