in ,

São Paulo deve acertar questões salariais com jogadores na próxima semana

Alexandre Pássaro disse que o Tricolor pretende resolver a questão salarial dos jogadores do São Paulo até a próxima semana, quando o clube voltará a jogar no Paulistão

Desde março, início da paralisação das competições por conta da pandemia do coronavírus, o São Paulo reduziu o salário dos atletas em 50% dos que recebem em carteira (CLT), mantendo um mínimo de R$ 50 mil por mês.

Não houve acordo formal com os jogadores, e o clube fez uma redução unilateral, desagradando parte do elenco.Em entrevista ao canal dos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi, o dirigente são-paulino falou que a questão salarial está sendo resolvida. 

A gente teve uma conversa com alguns líderes, para tentar estabelecer um acordo, mas, naquele momento, eles preferiram não fazer, porque a gente não sabia quanto tempo iria demorar. Eu mesmo achei que seria coisa de um mês, 45 dias, 60 mas acabou sendo mais do que isso, infelizmente. A partir do momento que a gente viu aquela dificuldade do tratamento online, das pessoas estarem juntas ao mesmo tempo e um por vez falar em uma reunião de grupo fica difícil. A gente combinou: “Assim que vocês voltarem a gente fala”, afirmou. 

E completou: “Lá em Cotia, a gente estava 24 horas por dia juntos. Foi um período muito importante, nós alinhamos muito bem as coisas. Não é uma questão que nos preocupa, nunca nos preocupou, mas agora a gente se confirma que não preocupa. Provavelmente na semana que vem nós vamos terminar de formatar esse acordo, que com certeza será muito bom para o São Paulo e muito bom para os jogadores.”

Foto: Marcelo Hazan
Fonte: Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu